Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Eduardo Campos diz que dinheiro do pré-sal vai compor questão fiscal e não para educação

Eduardo Campos diz que dinheiro do pré-sal vai compor questão fiscal e não para educação

Eduardo Campos diz que dinheiro do pré-sal vai compor questão fiscal e não para saúde e educação.

O eventual candidato do PSB à Presidência da República e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, disse, em Teresina, que o dinheiro da venda do Campo de Libra vai compor questão fiscal dura do país e não para saúde e educação, como foi determinou o Congresso Nacional. Eduardo Campos, afirmou, na capital do Piauí, onde vai receber, às 11h de terça-feira, o título de cidadão piauiense concedido pela Assembleia Legislativa do Piauí, que lamenta que um leilão, como o da venda do Campo de Libra de exploração do pré-sal, de uma riqueza tão expressiva como essa não tenha tido a disputa que todos esperavam que gerasse para que houvesse um incremento além do preço mínimo.

Segundo ele, em relação aos recursos que serão pagos fica a impressão que o dinheiro do petróleo que deveria ser usado em uma função para melhorar a sociedade brasileira como um todo.

"Fica a impressão que o dinheiro do petróleo que deveria ser usado em uma função para melhorar a sociedade brasileira como um todo.

, já que é um bem finito e que deveria ser deixado de legado para as próximas gerações aprendendo com os erros que outros países no mundo, fortes em petróleo cometeram como usar o dinheiro do minério mal usado e terminando não deixando um legado para as futuras gerações. Esse recurso, e é a impressão que a gente fica, é que ele não irá para educação e saúde, funções decididas pelo Congresso Nacional. A gente percebe que o dinheiro vai terminar compondo a questão fiscal dura que o país atravessa. Isso nos preocupa. Espero que plano de exploração da reserva de Libra seja apresentado, inclusive o plano de negócio para que a gente possa ser quando é que vai ser feita essa exploração e em que condições será feita essa exploração para a questão ambiental porque não é singelo explorar petróleo a mais de 5 mil metros e a gente precisa ter segurança que a tecnologia a ser utilizada vai cuidar para dar segurança a todo esse processo", afirmou Eduardo Campos.

Eduardo Campos disse que os protestos contra o leilão para a venda do Campos de Libra devem ser vistos em uma democracia como algo natural, mas não pode aceitar são atos de vandalismo que atente contra a liberdade de expressão.

"Nós lutamos pela democracia para que a livre expressão possa ser exercida", falou o governador de Pernambuco.

Eduardo Campos afirmou que filiação de ex-senadora Marina Silva teve uma grande repercussão positiva em todo o país, criando uma "grande corrente positiva de gente se reunindo e se agrupando para fortalecer o projeto e a discussão sobre o futuro do Brasil".

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB),foi receber Eduardo Campos no Aeroporto Petrônio Portella, alegando ser amigo do governador de Pernambuco desde que estudou economia em Recife (PE). Os tucanos querem fazer aliança com o PSB para que o governador do Piauí, Wilson Martins, do partido, apóie a candidatura do ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes (PSDB) ao governo do estado.


































Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar