Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Empresários e políticos defendem retomada da economia após quarentena

Os empresários e políticos do Piauí defendem o isolamento social e a quarentena até abril para a retomada da economia

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) do Piauí, Francisco Reinaldo, afirmou que o setor decidiu paralisar suas atividades até 13 de abril e dentro de uma semana e meia esperando para ver o que acontece em relação à pandemia do coronavírus e, em comum acordo com as autoridades, voltar ao trabalho, com todas as medidas de segurança.


O presidente do Centro da Indústria Piauiense, empresário Andrade Júnior, afirmou que o isolamento horizontal foi muito importante porque coronavírus é um assunto sério de alta transmissibilidade e baixa mortalidade, mas ao fim da quarentena é importante que seja definida a data do final, mantendo o isolamento dos que correm mais riscos, como os idosos.

Declarou que a disciplina vista na China e no Japão mostrou que é possível conseguir uma baixa mortalidade.


Andrade Júnior acredita que é possível manter no chão da fábrica medidas de segurança aos trabalhadores contra o coronavírus.

O empresário da construção  civil e vice-presidente do Sinduscon do Piauí, Guilherme Fontes, declarou que o mundo tem que se proteger, mas "temos que colocar a roda para girar", em referência às atividades econômicas.

Ele declarou que o setor da construção civil parar e seguir as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), apesar de outros estados o setor da construção civil ter mantido suas atividades. 


Ele acha que a área ou da quarentena é importante para a proteção das pessoas e os empresários e o poder público chegarão a um consenso sobre o momento de retornar as atividades econômicO deputado federal Átila Lira (PSDB) afirmou que as pessoas devem ficar em casa nesse momento em que todos sofrem ameaça de morte, em especial os acima de 60 anos, para reduzir a transmissibilidade e  o número de pessoas contaminadas pelo coronavírus.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar