Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Escola sai às ruas e envolve pais e comunidade para afastar imagem de região do tráfico de drogas e violência

Escola sai às ruas e envolve pais e comunidade para afastar imagem de região do tráfico de drogas e violência

Escola sai às ruas e envolve pais e comunidade para afastar imagem de região do tráfico de drogas e violência

Gestora e professoras do CMEI (Centro Municipal de Educação Infantil) da Vila Pantanal II cansaram de ver o bairro Parque Alvorada, na zona Norte de Teresina, conquistar grandes espaços na mídia sempre relacionado ao tráfico de drogas, traficantes e violência. O Centro Municipal de Educação Infantil fica por trás da Delegacia do 7º Distrito Policial (DP), de onde sai a maioria das notícias, negativas, da região do Parque Alvorada. A gestora do centro, a pedagoga Raimunda Soares, pós-graduada em Educação Infantil, em seu cotidiano se relaciona com moradores que vão ao trabalho, que lutam para sustentar seus filhos, que têm relações sociais convencionais com seus amigos, vizinhos e familiares e não são criminosos.

Raimunda Soares constatou que a imagem pública da região do Parque Alvorada era injusta com a maioria de seus habitantes e principalmente com as 265 crianças de dois a cinco ano anos que estudam na escola da qual é gestora. Crianças cheias de energia, esperança e que podem ter um futuro melhor e distante dos jovens presos e envolvidos com tráfico de drogas pela aparecem nos veículos de comunicação.

Raimunda Soares disse que quando assumiu a gestão, em janeiro deste ano, teve a ideia de lançar projetos para atrair as famílias das crianças para a escola.

O projeto começou no final de março com o Programa Construindo Consciência Ecológica, quando os alunos e professores fizeram a arborização da escola e da fachada da unidade escolar.

Também saíram às ruas do bairro esclarecendo sobre a sustentabilidade, pelo uso racional da água e contra seu desperdício.

?Esses projetos estão trazendo as famílias para a escola para que a participação dos pais na educação dos filhos seja maior e para que o desenvolvimento das crianças seja cada vez maior?, afirmou Raimunda Soares, que na manhã de terça-feira reuniu as mães das crianças em torno de um café da manhã com sucos, chocolate, muitas frutas e música. As mães ganharam singelos chaveiros artesanais como lembrança do Dia das Mães.

Foi desenvolvido o Projeto Polícia Também Educa, que conta com a parceria da Polícia Militar, da Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especial), do Ronda Cidadão, quando os policiais fazem palestras nas salas de aula e falam com os crianças.

Os técnicos da Infraero (Empresa de Infraestrutura Aeroportuária) falaram sobre o perigo aviário porque as famílias dos alunos do CMEI moram na região do entorno do Aeroporto de Teresina Petrônio Portella. O controlado de voo da Infraero, Ewerton, ministrou uma palestra na escola e que teve a participação dos pais.

O CMEI também executa o Projeto Cuidando do Cuidador que homenageia a família dos estudantes em suas datas. Foi comemorado o Dia das Mães na escola, mas as mães, já sem os filhos, participaram de uma festa em sua homenagem no Clube dos Servidores da Polícia Federal. Elas não foram com os filhos para que ficasse claro que a festa era só para elas.

Serão comemorados os Dias dos Pais e dos Avôs, aproveitando as datas alusivas.

?O nosso objetivo é que todos participem e dessa forma a gente consiga retirar as pessoas de uma exclusão na qual se encontram no momento. Nós queremos mudar a imagem de que a zona Norte só aparece na mídia com tráfico de drogas, com manchetes como "Estouramos boca de fumo". Nós somos uma escola que fica próximo ao Distrito Policial e toda hora a mídia está lá. Nós queremos trazer a mídia para a escola para divulgar esses momento porque as pessoas que convivem com esse momento ruim também mostrem que a escola é capaz de mudar a vida dos filhos delas e, consequentemente, de cada família.












Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar