Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Evaldo diz que objetivo de reunir 12 partidos e 90 candidatos é eleger deputados

Evaldo diz que objetivo de reunir 12 partidos e 90 candidatos é eleger deputados

Evaldo Gomes diz que o objetivo de reunir 12 partidos e 90 candidatos é eleger deputados

O presidente regional do PTC, Evaldo Gomes, disse que o grupo G-12 vai apresentar nas eleições 90 candidatos a deputado estaduais para eleger três deputados estaduais.



Evaldo Gomes, ao ser indagado o que leva tantos partidos e candidatos se reunirem, é sincero: ?o objetivo a eleger deputados?.

?O que nos une e o que nos fortalece é o objetivo de eleger deputados. O principal objetivo é eleger deputados. Nós acreditamos que essa coligação possa eleger até três deputados estaduais. Evidentemente, que estamos também priorizando a eleição de um deputado federal. Vamos ter uma chapa única de deputados federais, mas também não podemos achar que vamos eleger federal, mas também não podemos dizer que não vamos eleger. Nós estamos estabelecendo diálogo e estamos na construção da chapa e a gente espera ter sucesso!?, diz Evaldo Gomes, em entrevista ao Jornal Meio Norte.

Meio Norte ? O PTC se reuniu no sábado, com quais objetivos?

Evaldo Gomes ? Nós reunimos os pré-candidatos a deputado estadual e a deputado federal, vamos discutir as normas das eleições. Tivemos dois momentos, o da discussão das coligações para cargos proporcionais e majoritários e no, segundo momento, discutimos sobre a legislação eleitoral com o advogado Daniel Oliveira e vamos e com o contabilista Joaquim Bezerra vamos discutir prestações de contas, e o que pode e o que não pode para os candidatos no período eleitoral.

Meio Norte ? O partido vai apresentar quantos candidatos?

Evaldo Gomes ? O partido tem 21 candidatos a deputado estadual e temos seis candidatos a deputado federal.

Meio Norte ? Como está a situação do grupo político do qual o PTB faz parte, o G-12?

Evaldo Gomes ? Estamos em conversa bastante avançada e há a possibilidade muito grande de compor em torno de 9 partidos que fazem parte do G-12. A gente vai fazer os acertos neste final de semana, as possibilidades são muito grandes. Caso a gente venha a concretizar e existe a possibilidade de se concretizar essa aliança, nós iremos oficializar nesta segunda-feira, inclusive na casa do governador Zé Filho.

Meio Norte ? Quer dizer que os partidos que compõe o G-12 vão apoiar a candidatura de reeleição de Zé Filho?

Evaldo Gomes ? A tendência da grande maioria dos partidos que compõem o G-12 é a de acompanhar o governador Zé Filho.

Meio Norte ? Quais os partidos que compõem o G-12?

Evaldo Gomes ? O PTC, o PTN, o PV, o PSL, o PMN, PPS, PSDC, PTN, PEN, PRP, PHS, PSDC, sendo que desses 12 partidos democráticos, talvez três ou quatro acompanhem o senador Wellington Dias e o restante vai apoiar Zé Filho.

Meio Norte ? Quais são os partidos do G-12 que estão apoiando a eleição do senador Wellington Dias ao Governo do Estado?

Evaldo Gomes ? Devem apoiar e acompanhar Wellington Dias o PHS, o PSDC e o PRT. E ficaria com o lado de Zé Filho o restante.

Meio Norte ? Qual a razão de 12 partidos se reunirem e apoiar Zé Filho?

Evaldo Gomes -Eu acho que a gente não teve a reunião ainda, mas existe apenas a tendência. Vamos ter uma reunião nesta terça-feira pela manhã, às 9h, e nessa reunião vamos definir quem vai ficar com o governador Zé Filho e quem vai ficar com Zé Filho.

Meio Norte ? O que leva a esses partidos todos se reunirem em um só grupo e em uma só coligação para disputar as eleições?

Evaldo Gomes - O que nos une e o que nos fortalece é o objetivo de eleger deputados. O principal objetivo é eleger deputados. Nós acreditamos que essa coligação possa eleger até três deputados estaduais. Evidentemente, que estamos também priorizando a eleição de um deputado federal. Vamos ter uma chapa única de deputados federais, mas também não podemos achar que vamos eleger federal, mas também não podemos dizer que não vamos eleger. Nós estamos estabelecendo diálogo e estamos na construção da chapa e a gente espera ter sucesso.

Meio Norte ? A manutenção pelo Supremo Tribunal Federal (STF) do tamanho da atual bancada de deputados no Piauí facilita a eleição de mais candidatos do G-12?

Evaldo Gomes ? Tem 30 vagas para a Assembleia Legislativa facilita, e muito. Você sabe que com a redução das vagas para deputados iria atingir todos os partidos, mas sobretudo, mas com a manutenção das 30 cadeiras na Assembleia Legislativa facilita muito para o G-12 sonhar em eleger três deputados estaduais.

Meio Norte ? Dizem que as eleições deste ano terão custos mais altos para eleição dos candidatos, a reunião de muito candidatos a deputado em uma coligação dá mais chances de eleição dos candidatos a deputado?

Evaldo Gomes ? O poder econômico sempre esteve nas eleições. Evidentemente, cada eleição é uma eleição, cada eleição é uma história, mas a gente acredita que a população eleja deputados que não precisem ter tantos recursos financeiros. Eu sou um exemplo. Nas eleições de 2012, eu me elegi no meio dos partidos emergentes porque eu pertenço ao PTC, sem estrutura financeira. Nós acreditamos que nestas eleições , nós, dos partidos pequenos, temos condições temos condições de eleger três cadeiras, mesmo com o poder financeiro abaixo dos grandes partidos.

Meio Norte ? A estratégia dos senhores é reunir o maior número de candidatos para garantir com a soma dos votos de todos eleger o mais número possível de candidatos?

Evaldo Gomes ? Estamos para lançar 90 candidatos. No momento em que fazemos a coligação com 90 candidatos, no momento em que a gente convida, queremos lançar três vezes mais o número de candidatos . Nós iremos lançar 90 candidatos para que no meio de 90 candidatos, nós conseguiremos eleger três deputados. Vamos disputar de forma conjunta, nós elegemos um deputado. Eu fui o único deputado dos partidos emergentes. A ideia agora é eleger três deputados para que possamos atuar de forma conjunta no parlamento estadual. Eu me elegi com mais votos de Teresina, nós tivemos praticamente 80% dos votos em Teresina, na capital. Hoje, nós estamos com base mais estruturada em 60 municípios e esperamos que nesses 60 municípios a gente possa conseguir boa votação. Com todos os partidos, acho que nós vamos estar presentes em 200 municípios, isso facilita e os partidos têm hoje a mesma linguagem no interior do Estado.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar