Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Falta de fiscalização pelos órgãos públicos torna o centro de Teresina “terra de ninguém”

Falta de fiscalização pelos órgãos públicos torna o centro de Teresina “terra de ninguém”

A falta de fiscalização das atividades humanas pelos órgãos públicos tornou o centro de Teresina uma terra de ninguém. A todo o momento uma irregularidade está sendo cometida.

É uma viatura do Ronda Cidadão estacionada em uma calçada movimentada, são adolescentes sendo exploradas sexualmente em bordéis e bares que existem atrás do prédio da Prefeitura de Teresina, o Palácio da Cidade.

?Não estamos mexendo com ninguém, mas se alguém se meter com a gente, vai ter?, afirmou E.L, de 14 anos, que estava ameaçando jogar um coco verde quem a fotografasse se prostituindo pela manhã.

Na Rua Paissandu, no centro, muitas das colegas de E.L. são vistas drogadas com outros rapazes como começa a escurecer , a partir das 18h.

Em um ponto ou outro da região tem um jovem ou adulto acendendo seu cachimbo de crack.

?Não é o que tu está pensando, não. É fumo?, fala o lavador de carros Gualberto da Silva, quando percebe estar sendo observado puxando, forte, com os pulmões, um cigarro de maconha que segura com a boca e a mão esquerda.

Por trás da Prefeitura de Teresina, os traficantes de pedras de crack e maconha que também lavam e guardam os carros falam sem cerimônia sobre a venda de drogas e encostam em veículos que passam pelo local para vender entorpecentes.

?É como se o tráfico de drogas fosse liberado no Brasil?, comenta Luciana Nunes, que passava por trás do prédio da Prefeitura de Teresina.

Na manhã de domingo, quando os órgãos públicos não colocam seus fiscais de plantão para averiguar irregularidades, o caos fica completo.

No cruzamento das Avenida José dos Santos e Silva e Miguel Rosa, no bairro Piçarra, na zona Sul de Teresina, dois jovens subiram, na manhã de domingo, em um suporte para instalar um outdoor de faculdade particular sem equipamentos de proteção e cabos.

Quando foram percebidos, os dois rapazes deram sinal de positivo.

Na Rua Arlindo Nogueira, no centro de Teresina, um rapaz, estava cheirando cola na varanda de uma casa desocupada perto da Praça do Fripisa.

Os órgãos públicos estão indiferentes durante os dias úteis da semana e sem qualquer presença na cidade durante os finais de semana.

Na tarde de sábado, o Posto do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) no Teresina Shopping, que deveria funcionar até às 15h não estava atendendo as pessoas que estavam encaminhando pagamentos e processos de renovação de carteiras nacional de habilitação por falta de servidores.

Os prestadores de serviços que são lotados no Posto do Detran do Teresina Shopping também não quiseram atender aos usuários alegando que estavam com seus salários atrasados há dois meses.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar