Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Firmino adia retomada das atividades econômicas do setor automotivo

O prefeito de Teresina,  Firmino Filho (PSDB), decidiu adiar a segunda etapa de retomada  das atividades econômicas do setor automotivo, das concessionárias de veículo, comércio de peças e acessórios e oficinas mecânicas,  que teria início na próxma segunda-feira (13),  foi adiado para o dia 20. 

Esses setores, no decreto do governador Wellington Dias (PT), já podem retomar suas atividades desde o dia 6 de julho. O  prefeito Firmino Filho (PSDB) disse que a decisão foi tomada devido o desrespeito ao decreto de isolamento social na região do Centro da cidade.

Firmino Filho, em live nesta quarta (8)-Imagem: Reprodução

“Quando iniciamos o processo, muitos setores não autorizados a funcionar, começaram a funcionar. É o que vimos no Centro. As pessoas acham que voltou a vida normal. Não é verdade. Aumentamos a fiscalização de vários comércios que desrespeitam. Isso coloca em risco toda a nossa estratégia. Somos forçados a fazer um congelamento do processo de retomada. A volta de outros setores para o dia 13 foi postergar para o dia 20 de julho. Isso porque tivemos desrespeito ao decreto, especialmente, na região central. Não podemos colocar a população em risco por causa de meia dúzia de pessoas”, disse Firmino Filho.

Firmino Filho afirma também afirma que a prefeitura também voltou a estudar a possibilidade de fazer rodízio de carros no Centro de Teresina.

 O prefeito disse  que o desrespeito ao decreto coloca em risco todo o trabalho para barrar a transmissão do vírus na capital.


“O rodízio de carros é uma coisa que gera muitas reações. Mas diante do desrespeito vamos  fazer. Vamos observar a movimentação no Centro até a quinta-feira. É uma medida difícil porque atrapalha os setores essenciais. Se não for respeitado, novas medidas serão tomadas. Se abrir de qualquer jeito, teremos que fechar”, declarou Firmino Filho,  em sua live.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar