Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Florentino Neto dá posse a Câmara SUS de mediação que objetiva diminuir judicialização

Florentino Neto dá posse a Câmara SUS de mediação que objetiva diminuir judicialização
Câmara SUS | Câmara SUS
Compartilhe

O Secretário da Saúde do Estado do Piauí, Florentino Neto, deu posse, na quarta-feira, , aos integrantes que irão atuar na Câmara Permanente de Resolução Consensual de Demandas em Saúde do Estado do Piauí (CâmaraSUS). A comissão, formada por representantes de diferentes órgãos possui a finalidade de julgar administrativamente os pedidos, facilitando os atendimentos dos usuários do Sistema Único de Saúde, que antes, era necessário ingressar na Justiça.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) está trabalhando com o objetivo de descentralizar o acesso, para que a população tenha medicamentos e serviços de saúde mais complexos com maior facilidade e agilidade sem a necessidade de intervenção judiciária para conseguir a autorização.

A Câmara SUS tem a intenção de promover a resolução consensual de demandas no âmbito administrativo por serviços ou produtos de saúde a serem fornecidos pelo Sistema Único de Saúde no Estado do Piauí, buscar conciliação e propor soluções para demandas judiciais em trâmite, além de propor aos órgãos e entidades da administração pública, responsáveis pela elaboração e execução de políticas públicas associadas à saúde pública, medidas para melhoria dos serviços e cooperação mútua. Dessa forma diminuindo custos da administração.

Como explica o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, “é um espaço de mediação sobre assuntos relacionados à saúde, que diminui na justiça o ingresso de ações demandando por medicamentos e tratamentos, já que, administrativamente isso poderá ser resolvido na própria Secretaria de Estado da Saúde. Assim, o usuário do SUS não precisará judicializar sua solicitação, trazendo mais celeridade ao paciente e menos custos ao Estado”.

A Câmara SUS terá representantes da Procuradoria Geral do Estado do Piauí (PGE), que presidirá a Câmara, Defensoria Pública do Piauí (DPE), além da Superintendência de Assistência à Saúde, Superintendência de Atenção à Saúde e Direção da Unidade de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Estado da Saúde.

Presidida pelo procurador do Estado, Pierot Júnior, a CâmaraSus nesse primeiro momento estabelecerá protocolos e critérios para análises das situações. “As soluções extrajudiciais têm se mostrado uma ferramenta bastante eficaz na questão da resolução de conflitos e pretende atender a necessidade de buscar alternativas para a resolução dos conflitos referentes ao acesso à saúde, tornando-o mais célere, econômico e eficaz”, disse o procurador.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar