mais

Heráclito Fortes fala tudo sobre o caso da prisão de Daniel Dantas, sua irmã e ex-cunhado

Heráclito Fortes fala tudo sobre o caso da prisão de Daniel Dantas, sua irmã e ex-cunhado

O senador Her?clito Fortes (DEM), afirmou, com exclusividade ao Jornal Meio Norte, que foi criado no Brasil um Estado policial. Ele afirmou que atualmente existem 400 mil telefones sendo monitorados pela Pol?cia Federal e nem todos s?o autorizados com ordens judiciais. Durante toda a semana, Her?clito Fortes dedicou parte de seu tempo no Senado explicando que n?o tem liga??o com o empres?rio Daniel Dantas, dono do banco Opportunity preso pela Pol?cia Federal (PF).

?O Estado policial est? criado. ? preciso, em primeiro lugar, saber o que se pode e o que n?o se pode. N?o se pode passar por cima de uma ordem do Supremo Tribunal. Ou n?s temos aqui a convic??o de que temos de respeitar a hierarquia das leis ou n?s vamos para um caminho muito inseguro?, disse Her?clito Fortes.

Ele falou que v?o tentar criar bodes expiat?rios porque ? uma maneira de se desviar de v?rias quest?es que a Pol?cia Federal estava apurando como a descoberta de dinheiro no hotel Ibis durante a campanha do presidente Luiz In?cio Lula da Silva.

Her?clito Fortes reconhece ser amigo do vice-presidente do Opportunity e ex-cunhado de Daniel Dantas, Carlos Rodemburg e da irm? de Daniel, Ver?nica Dantas, a quem critica a pris?o feita pela Pol?cia Federal.

Meio Norte ? Como o senhor v? a tentativa da imprensa nacional em o vincular diretamente com o empres?rio Daniel Dantas?

Her?clito Fortes ? N?o ? bem a imprensa nacional. S?o setores do PT. Essa ? uma guerra antiga. Quem est? na vida p?blica tem que conviver com esse tipo de advers?rio. Estou com a consci?ncia tranquila. Eu n?o posso dizer que sou amigo do Daniel Dantas, eu o conhe?o. Sou amigo da irm? dele (Ver?nica Dantas), sou amigo de seu cunhado (ex-cunhado, Carlos Rodemburg, s?cio e vice-presidente do banco Opportunity). Agora se querem me botar a pecha de amigo do Daniel Dantas. Agora, eu assumo as amizades com Valdomiro, com os aloprados, com quem carrega d?lar na cueca, com Del?bio. ? uma quest?o de op??o e de escolha.

Meio Norte ? Por o senhor acha que est?o querendo fazer isso?

Her?clito Fortes ? Eu tenho incomodado muito o PT, em quest?es s?rias, concretas e pontuais. Eles est?o perdendo o sono com a CPI das ONGs. Eles sabem que a tentativa de me imobilizar ? para ver se mais uma voz se cala no Senado, o que n?o vai acontecer.

Meio Norte ? O telefonou para o filho de Carlos Rodemburg para saber sobre a opera??o da Pol?cia Federal?

Her?clito Fortes ? ? verdade, eu telefonei. ? um garoto de 23 anos, filho de Carlos Rodemburg. Estava em um estado emocional abalado com o pai n?o localizado e a m?e presa. Eu n?o sou homem de deixar amizade em uma circunst?ncia dessa. Liguei, perguntei se ele queria alguma coisa. Me coloquei ? disposi??o. N?o liguei s? para ele, liguei para a irm? dele. Liguei para eles todos. O rapaz tem uma irm?.

Meio Norte ? O senhor conhecia esses neg?cios feito banco Opportunity?

Her?clito Fortes ? Eu n?o fa?o neg?cios e n?o acompanho neg?cios de ningu?m. Se eu quisesse neg?cios, eu acompanharia os neg?cios da fam?lia da minha mulher e nem isso eu fa?o. Quando eu fui me casar, fui pedir a m?o de minha mulher em casamento, agora isso n?o se pede mais, eu disse para que meu sogro ficasse tranquilo porque eu tenho horror a chamin? e adorava microfone. Neg?cio n?o me atrai, eu vejo pessoas que compraram r?dios, montaram ind?strias, que montaram universidade, eu n?o tenho nada, a minha vida ? dedicada exclusivamente voltada ao exerc?cio do mandato parlamentar.

Meio Norte ? Chegaram a monitorar seus telefonemas?

Her?clito Fortes ? ? muito dif?cil voc? saber hoje no Brasil quem n?o tem telefone monitorado. H? um levantamento de ontem apontando que existem 400 mil telefonemas sendo monitorados no Brasil. Ser? que tudo isso ? de ordens judiciais. Eu acho que essa ? uma quest?o que precisa ser levado muito a s?rio porque voc? tem esse sistema sofisticado e muitas vezes entregues a gente sem condi?es de administr?-lo. A? ? que vem o grande problema. Voc? imagina, um advogado, que ? o Greenhalg (o ex-deputado federal Luiz Carlos Greenhalgh ? PT), que n?o rewspondia nenhum processo teve uma conversa com o Gilberto Carvalho, chefe de Gabinete de Lula, gravada. Os jornais est?o publicando? Por que? O que h? para que seus telefonemas sejam gravados? Voc? n?o pode conviver com grava?es ilegais e grava?es legais. ? como busca e apreens?o.

A busca e apreens?o tem que ser feita por fato determinado. O policial chega e leva a casa do cidad?o toda. Onde tem pap?is, eles levam. Os ju?zes est?o afrouxando nisso. No requerimento tem que explicar o que se quer e por que se quer. Eu acho que essas coisas t?m que ser vistas. Esses epis?dios est?o servindo para que haja uma tens?o no Brasil. Eu vou dar dois exemplos preocupantes. Os jornais anunciaram que com esse esc?ndalo envolvendo o Opportunity, ele teve um preju?zo financeiro de cerca de R$ 1 bilh?o. Ontem, com a invas?o da casa do empres?rio Elke Batista, as a?es de suas empresas ca?ram 20% na Bolsa. Esse cidad?o colocou as a?es no preg?o h? 20 dias, fez o lan?amento e nada se disse contra ele e contra suas empresas. Eu tenho medo de que a Pol?cia Federal, que presta grande servi?o ao pa?s de repente esteja envolvida em quest?es concorrenciais.

Meio Norte ? Isso vai beneficiar a quem?

Her?clito Fortes ? Isso eu n?o sei, ? preciso se examinar. Eu lembro que na CPI dos Correios, o Gushiken (Luiz) disse que esse briga do Opportunity com o Governo era uma briga societ?ria. N?o me pergunte quais s?o os s?cios e quais s?o as sociedades, mas o pr?prio integrante do Governo ? ?poca, o homem da comunica??o, reconhece isso. Isso ? muito perigoso. O ministro da Justi?a (Tarso Genro) disse que ningu?m se preocupou nos empurr?es dados no porteiro da casa de Naji Najas. Eu confesso que n?o vi esses empurr?es, mas o ministro da Justi?a ao reconhecer de p?blico que houve esses empurr?es e quem empurrou foi um advers?rio dele, porque ? um membro da Pol?cia Federal, n?o tomar uma provid?ncia ou abrir uma sindic?ncia ?, no m?nimo, esquisito.

Meio Norte ? Existe o risco de se criar um estado policial no Brasil?

Her?clito Fortes ? O Estado policial est? criado. ? preciso, em primeiro lugar, sobre o que se pode e o que n?o se pode. N?o se pode passar por cima de uma ordem do Supremo Tribunal. Ou n?s temos aqui a convic??o de que temos de respeitar a hierarquia das leis ou n?s vamos para um caminho muito inseguro.

Meio Norte ? O senhor est? falando do caso do juiz que decretou nova pris?o para Daniel Dantas?

Her?clito Fortes ? ? o caso do juiz e quando voc? tem o ministro da Justi?a estimulando a?es dessa natureza em p?blico, ? um mal sinal.

Meio Norte ? Existe hoje tens?o no Congresso Nacional porque existe a expectativa de um ou outro com os neg?cios dos empres?rios presos.

Her?clito Fortes ? Existem preocupa?es pontuais e tenho certeza de que setores da apura??o v?o querer encontrar bodes expiat?rios porque ? uma maneira de se desviar de v?rias quest?es que est?o a? e que at? agora a Pol?cia Federal n?o foi eficaz como, por exemplo, o dinheiro encontrado no hotel Ibis durante a campanha de Lula. Onde est? om processo? Anunciam determinados fatos novos e se vai esquecendo o que o Governo n?o quer que seja tratado.

Meio Norte ? O senhor sobre se sua fam?lia est? sendo seguida pela Pol?cia Federal?

Her?clito Fortes ? Se eu soubesse, n?o poderia dizer porque estou com recomenda??o expressa dos advogados para n?o tratar do assunto. Eu estou h? dias nessa situa??o. Fizeram duas insinua?es com meu nome e a gente sabe o endere?o, de onde elas vieram, eu estou recomendado a n?o tratar desse assunto de forma detalhada.

Meio Norte ? Existia um boato de que uma assessora tinha sido preso na opera??o da Pol?cia Federal?

Her?clito Fortes ? Ontem saiu de Teresina a not?cia de que os R$ 25 milh?es que apareceram em nome de Let?cia era Let?cia a minha secret?ria de Imprensa. A Let?cia trabalha comigo, a conhe?o h? anos e nunca vi sinal exterior de riqueza dela. Por que fazer uma palha?ada dessa.

Meio Norte ? Como o senhor v? o vazamento das informa?es da opera??o da Pol?cia Federal?

Her?clito Fortes ? A pol?cia est? vazando, a todo momento est? havendo vazamento. ? preciso que essas coisas devem ser feitas com muita firmeza. Eu acho que n?o podemos conviver com a corrup??o no Brasil de qualquer n?vel. Eu desafio algu?m que viu eu fazer defesa dos neg?cios de Daniel, em qualquer momento. N?o ? do meu feitio.

Eu entrei na hora em que quiseram prender, arbitrariamente, a sua irm? porque ? uma pessoa que merece ter um tratamento n?o s? por ser mulher, mas por ser m?e e, acima de tudo, pela fragilidade. Eu recebi o pedido de um filho e tomei as provid?ncias como senador. Tomei as provid?ncias e, como senador, acionei o que podia fazer e fa?o em qualquer circunst?ncia. Eu n?o posso concordar quando a vida de uma pessoa est? em risco.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail