mais

Igreja Católica se reinventa no isolamento social da pandemia

Igreja Católica se reinventa no isolamento social da pandemia

Em crise, após o surgimento  e inauguração do Protestantismo, a Igreja Católica investiu pesado em comunicação visual para traduzir o que pensa da fé e manter seus fiéis e as obras primas dos pintores, escultores e arquitetos da Renascença nasceram com esse propósito.

Agora sem que os fiéis em isolamento social durante a pandemia do Covid-19, a Igreja Católica está se reinventando produzindo poderosas performances visuais para seus fiéis que precisam ficar em quarentena.

Igreja Católica se reinventa no isolamento social da pandemia - Imagem 1

As Igrejas de Pedro II, na região Norte do Piauí, e a de Picos, no Sul do Estado l, ampliaram as fotografias de seus fiéis, isolados em suas casas, e colaram nos bancos das igrejas, no momento em que os sacerdotes celebram as missas sozinhos nos templos , com transmissão pela internet e redes sociais.

 Em Floriano, a Paróquia de Santa Cruz produziu uma instalação de obra de arte ao  acendeu mais de 420 velas entre as cadeiras, produzindo uma imagem impactante porque cada vela representava um católico que não podia estar , no final de semana, no templo religioso. 

Igreja Católica se reinventa no isolamento social da pandemia - Imagem 2

Na Diocese de Floriano, as igrejas e paróquias realizaram celebrações sem público e transmitiram tudo pelas redes sociais. “A missa do Sábado Santo tem essa representatividade da luz, do fogo. Na ocasião da celebração se renovam as promessas do batismo, as velas acesas representavam os fiéis da Paróquia Santa Cruz,” afirmou  Fabiana Costa. 

“Nós colocamos quatrocentos e vinte velas. Velas dos nossos paroquianos que gostariam de participar da celebração da Vigília Pascal no Sábado. Em todos os bancos havia velas e os poucos paroquianos que puderam participar da missa contribuíram para que o momento se tornasse mais forte", explicou  Frei Claudio Santos, pároco da Igreja de Santa Cruz.

O padre Sebastião Santos, pároco  da Paróquia São Francisco de Assis, no Bairro Junco, em Picos, imprimiu as fotografias dos católicos que frequentam as missas no templo religioso colou em bancos da igreja para celebrar as missas durante o período da quarentena devido à pandemia da Covid-19.

As celebrações têm ocorrido apenas por meio das redes sociais, seguindo as orientações de evitar aglomerações e prevenir a disseminação do vírus.

“Estamos celebrando a eucaristia sem que o isolamento social seja quebrado. Essa foi uma das formas que nós encontramos para fazer com que estivessem presentes foi colocar as fotos dos fieis que participam habitualmente da celebração da missa nos bancos”, falou o padre Sebastião Santos, lembrando que a ideia de colar as fotografias dos fiéis nos bancos das igrejas católica surgiu entre os sacerdotes da Itália.

 “Dá aquela sensação de que nós não estamos celebrando sozinhos, mas com a presença do povo que acompanha pelas redes sociais”, explicou o padre Sebastião Santos.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail