mais

Indígena warao da Venezuela de 1,6 ano morre de sequelas da Covid-19

Indígena warao da Venezuela de 1 ano e seis morre em decorrência de sequelas da Covid-19

Sheyton, 1 ano e seis meses, da etnia warao da Venezuela, morreu  às 5h30 desta quinta-feira (22), na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital de Urgência de Teresina (HUT),  após ser internado há um mês, em consequência de sequelas da Covid-19.

Ele morava no Abrigo Kaubanoko I, no CSU (Centro Social Urbano), no bairro Buenos, na zona Norte de Teresina, administrado pela Semcaspi (Secretaria Municipal de Assistência Social e Políticas Integradas).

Sheyton morreu de uma parada cardíaca, antes foi ser submetido a uma traqueostomia no HUT.

O Abrigo Kaubanoko tem 106 indígenas venezuelanos. Um pajé warao, Laudério, fará uma cerimônia fúnebre no CSU do Buenos Aires antes do sepultamento.

Essa é a segunda criança warao que morre em Teresina em mais de um mês. A outra morreu por problemas nutricionais.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail