Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Juiz condena traficante a 13 anos de prisão em Teresina

Juiz condena traficante a 13 anos de prisão em Teresina

O juiz da 7ª Vara Criminal de Teresina, Almir Abib Tajra Filho, condenou quatro traficantes de drogas a até 13 anos e 10 meses de prisão.

Almir Abib Tajra Filho condenou a 13 anos e 10 meses de prisão o traficante de drogas Paulo Denis Alves por tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico.

Ele condenou Fredson Pereira Alves a nove anos e um mês de prisão por tráfico de entorpecentes e associação para o trafico de drogas.

Paulo Denis Alves e Fredson Pereira Alves são do bairro Real Copagre, na zona Norte de Teresina e foram presos em flagrante pelos policiais do Serviço Reservado da Polícia Militar que receberem denúncia contra eles e perceberam uma movimentação estranha na porta de uma casa.

Quando viram os policiais, Fredson Pereira Alves e Paulo Denis Alves correram, foram cercados e presos pelos militares.

Durante busca na casa casa onde os dois estavam foram encontrados 214 papelotes com 367 gramas de crack; R$ 92,72 em dinheiro trocado;um telefone celular, uma balança de precisão e uma faca enferrujada para fracionar o crack.

Paulo Denis Alves disse que morava na casa no Real Copagre de um traficante em troca de guardar e vigiar a droga apreendida pela Polícia Militar.

Ele assumiu a propriedade da drogas, mas não do dinheiro e da balança de precisão argumentando que estava em outra residência.

Paulo Denis falou que recebe a droga dos traficantes para guardar e ganha, por isso, R$ 100 por dia.

Ele não quis dizer na Justiça os nomes dos traficantes de quem receberia a droga para guardar.

Fredson Pereira Alves declarou que estava na casa da avó de Paulo Denis. Falou que estava em companhia de Paulo Denis e da companheira, Jardielis.

Em seu depoimento para a Justiça, Fredson Pereira Alves disse que a droga ficava escondida nas telhas que estavam na lateral da casa e que recebia R$ 200 por semana para guardar a droga.

O juiz Almir Abib Tajra Filho condenou Gleydson dos Santos Pereira a quatro anos e dois meses na Penitenciária Irmão Guido, em Teresina, pelo crime de tráfico ilícito de drogas.

Gleydson Wdson recebeu o direito de recorrer da sentença judicial em liberdade.

Ele foi preso com 109 gramas de maconha e duas gramas de crack, em sua casa em Teresina.

Na mesma casa foi encontrada a irmã de Gleydson Wdson, Jhenifer Nataly dos Santos Pereira,juntamente com companheiro, Denis Henrique Gomes da Silva, com quem foi encontrada,em sua posse uma arma de fogo e, por isso, foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma.

A mãe de Gleydson Wdson, Lúcia Maria da Silva Santos, segundo os autos do processo, encontrava-se na cozinha no momento da apreensão da droga. Afirmou, num primeiro momento,que desconhecia a existência da droga em sua casa, mas na Delegacia da Polícia Civil confirmou que a droga pertencia ao filho.

Almir Abib Tajra Filho condenou pelo crime de tráfico de drogas Alexandre da Silva Nascimento a quatro anos e dois meses na Penitenciária Irmão Guido, em regime fechado.

Alexandre da Silva Nascimento foi preso na Avenida Boa Esperança, na zona Norte de Teresina, quando os policiais militares estavam fazendo rondas ostensivas e muitas pessoas em uma casa. Quando entraram na casa, os policiais abordaram um dos ocupantes da residência, Alexandre da Silva Nascimento, com quem foram encontrados um telefone celular,uma balança digital de precisão e 85,7 gramas de crack dentro de um saco plástico.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se