mais

Laboratório de solos da Embrapa Meio-Norte é destaque nacional

Com índice de acertos em 84%, o LSP da Unidade é Conceito B e ganhou o certificado de proficiência, colocando-o entre os melhores laboratórios de análises de fertilidade de solo do País.

O Laboratório de Solos e Plantas (LSP) da Embrapa Meio-Norte, em Teresina,  foi  destaque nacional ao  ficar entre os 12 mais bem avaliados da empresa no Programa da Análise de Qualidade de Laboratórios de Fertilidade (PAQLF). 

Com índice de acertos em 84%, o LSP da Unidade é Conceito B e ganhou o certificado de proficiência, colocando-o entre os melhores laboratórios de análises de fertilidade de solo do País.

Para alcançar o Conceito A e ficar na posição de maior destaque do pódio, o laboratório precisa chegar a 90% de acertos. 

ReproduçãoReprodução

A classificação foi feita no primeiro trimestre de 2020 e divulgada no começo deste mês, pela comissão do programa que é coordenado pela Embrapa Solos.  A partir de agora o LSP volta a usar nos laudos o “Selo de Qualidade PAQLF”. Em 2017 e 2018, o laboratório da Unidade tinha o Conceito B. O julgamento é feito a cada dois anos.

A qualidade dos serviços dos laboratórios das Universidades  também é aferida pelo programa. Os parâmetros que levaram a Unidade a escalar a subida da proficiência  foram os seguintes: pH em água, P e K (Mehlich 1), Ca, Mg e Al (KCl 1M), acidez potencial (H+Al) e matéria orgânica, aspectos que possibilitam o entendimento da condição do solo.

Unidades destaques no conceito B

É regra básica no LSP da Unidade é a  realização  de adequações nas metodologias, buscando assegurar requisitos de qualidade, o que vem implementando ações de melhoria na execução das análises. Com isso, “a consequência tem sido a geração de  dados de pesquisa com alto grau de acurácia e confiabilidade, o que possibilitou também o alcance de outros excelentes resultados como a certificação no Programa Interlaboratorial de Análise de Tecido Vegetal (PIATV)”, destaca Diego Vasconcelos, Supervisor de Laboratórios.

O Laboratório de Solo e Planta é  coordenado pelo pesquisador Henrique Antunes e os colaboradores são os técnicos Afonso Abreu e José Moreira. Os laboratórios que foram também classificados no Conceito B este ano são das Unidades Agrobiologia, Agroindústria Tropical, Agropecuária Oeste, Amazônia  Oriental, Amazônia Ocidental, Mandioca e Fruticultura, Rondônia, Roraima, Solos e Tabuleiros Costeiros.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail