Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Moradores de área de risco ganham 2.700 novas casa, negociam as casas que estão recebendo e voltam para os locais de inundação, diz Elmano Férrer

Moradores de área de risco ganham 2.700 novas casa, negociam as casas que estão recebendo e voltam para os locais de inundação, diz Elmano Férrer

Moradores de área de risco ganham 2.700 novas casa, negociam as casas que estão recebendo e voltam para os locais de inundação, diz Elmano Férrer

O prefeito de Teresina, Elmano Férrer (PTB), disse que a Prefeitura reuniu a Comissão de Defesa Civil, convocou todos os órgãos e de outras instituições. Ele diz querer se antecipar aos fatos em caso de inundação já ter um plano emergencial.

Elmano Férrer disse que a Prefeitura e o Estado têm cerca de 2.700 casas já feitas exatamente para a população que foi atingida nas enchentes anteriores, principalmente na de 2008.

As casas foram construídas pela Prefeitura de Teresina, Caixa Econômica Federal (CEF) e Agência de Desenvolvimento da Habitação (ADH) para abrigar as pessoas que moram em áreas de risco.

Ele disse que sua orientação foi ocupar conjuntos habitacionais como o Pedro Balzi, na zona Sudeste, com 350 unidades, as 727 unidades da conjunto Árvores Verdes, n zona Leste, e no Residencial Leonel Brizola, na zona Norte Teresina.

Elmano Férrer afirmou que o problema está no fato das famílias transferidas para esses conjuntos habitacionais estão voltando para as áreas de risco, negociando as casas que estão recebendo e voltando para as áreas de risco.

?Isso é um absurdo. No conjunto Pedro Balzi, as casas foram inauguradas, entregues às famílias que estavam abrigadas no Centro Esportivo Edmilson Jorge e elas estão voltando para as áreas de risco onde moravam. Isso é um grande problema e a Caixa Econômica Federal e as assistentes sociais da Prefeitura de Teresina estão contatando isso?, declarou Elmano Férrer.

Elmano Férrer diz que a solução para o problema vai ser testado com a construção de 626 apartamentos em 39 blocos de qiatro andares, na Vila da Paz.

Cada andar terá quatro apartamentos.

?Com os recursos liberados pelo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) II nós vamos fazer uma experiência na Vila da Paz, vamos construir 627 unidades habitacionais verticais em 39 em bloco de quatro pavimentos, para manter a população onde ela vive e urbanizando a para para que deixe de ser de risco?, falou Elmano Férrer.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar