Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Piauiense acusado de matar a família em Fortaleza é preso e confessa

Uma operação realizada no começo da manhã desse sábado (02/05) resultou na prisão do piauiense acusado de ter assassinado a família. O crime foi descoberto na noite de sexta-feira (1º), na casa onde pai, mãe e duas filhas moravam, localizada na Avenida Frei Cirilo, no bairro Messejan, em Fortaleza (CE), informou o Blog de Fernando Ribeiro, da capital cearense. 

Policiais do 16º BPM, tendo à frente o seu comandante, tenente-coronel PM Isaac Nascimento, cercaram uma casa abandonada e prenderam o suspeito em flagrante.

Antônio Humberto dos Santos, que é natural da cidade de União, estava escondido em um terreno baldio onde existe uma casa abandonada. Foi encontrado pelos policiais sentado em meio a pedras e, a princípio, reagiu à prisão. Contudo, o comandante negociou rapidamente com o suspeito e este se encontrou ao perceber que a área estava totalmente cercada e que não teria chances de uma fuga. Ao ser indagado pelo oficial sobre o motivo de ter assassinado a esposa e as duas filhas do casal ele disse não saber.

Chamou a atenção dos militares o fato de o assassino ter ficado escondido naquele local por mais de 24 horas desde que cometeu o triplo assassinato. O terreno onde ele foi encontrado fica bem próximo de sua casa, onde ele matou a esposa, Josélia Nunes Moura Santos, 39 anos; e as duas filhas, Clara Mayelle Nunes Moura dos Santos, 11 anos; e Yonara Antonele Nunes Moura Santos , de 7 anos.

Frases nas colunas

Com pedras, o assassino escreveu várias frases e nomes nas colunas da casa abandonada. Colocou os nomes das filhas e da mulher. Em uma das colunas, escreve; “Yonara, Clara, Josélia, Deus te conforte”.

Noutra frase escrita numa coluna pelo assassino, ele fez uma espécie de confissão. Assim escreveu: ”bati na cabeça da Josélia e da pequena com um pau, a Clarinha usei uma faca. Sufoquei por várias vezes, até..”

Após ser algemado, o criminoso foi encaminhado ao plantão do 30º DP (Conjunto São Cristóvão/Jangurussu), onde foi autuado em flagrante por triplo homicídio qualificado.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar