Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Postos de saúde e delegacia fecham no domingo em Teresina

Postos de saúde e delegacia fecham no domingo em Teresina

Apesar do crescimento de sua população e das atividades econômicas e da distância dos serviços públicos oferecidos na zona urbana de Teresina, a Cerâmica Cil, na zona rural da capital piauiense, vive situações dramáticas nos finais de semana, quando ficam fechados a Subdelegacia de Polícia Civil e Posto de Saúde. A situação é ainda pior porque, mesmo com a ausência desses serviços, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência- SAMU não atende a contento as chamadas da região.



Às 10h20, a Subdelegacia da Polícia Civil da Cerâmica Cil estava fechada com o cadeado trancado do lado de fora.

O vizinho da subdelegacia, Tomás Rodrigues, conta que o órgão da Polícia Civil fica fechado alguns dias da semana porque trabalham apenas três agentes, ficando um em cada plantão. ?Como os policiais têm folga após 24 horas de trabalho, alguns dias nenhum deles está na subdelegacia?, declarou Tomás Ribeiro, alertando para o aumento da violência na Cerâmica Cil.

Ele foi assaltado, teve a motocicleta roubada, os dois ladrões que levaram sua motocicleta chegaram a ser presos, mas nunca devolveram o veículo.

Os problemas se acumulam para os moradores. Nos sábados e domingos, o Posto de Saúde fica fechado, com apenas o vigilante na porta. Isso choca os moradores da Cerâmica Cil que garantem que durante os dias de semana o Posto de Saúde fica aberto, mas faltam médicos.?Para se falar com o médico e o dentista demora muito. Se marca a consulta e se fala com o médico três meses depois?, afirma Joacianira Soares da Costa, dona de casa da Cerâmica Cil.

Lemoel de Oliveira Nogueira Lima, de oito anos, afirmou que em sua família tem cadeirante, que tem dificuldades de ser atendido no Posto de Saúde da Cerâmica Cil. ?Os médicos daqui não cumprem o horário e faltam muito?, falou Márcio Rogério, de 12 anos.

A falta de funcionamento no final de semana do Posto de Saúde da Cerâmica Cil cria situações como a da estudante Vanusa dos Santos Silva, que sofreu dois cortes profundos na perna em acidente de motocicleta na rodovia PI-130.

Sua família chamou o Samu e foi informada que a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência não poderia fazer o socorro porque Vanusa dos Santos Silva já tinha saído do local do acidente.

Os familiares esclareceram que Vanusa dos Santos não saiu da cena do acidente. Ela apenas foi retirada do meio da pista, porque poderia ser atropelada por um carro, e colocada nas margens da estrada e debaixo de árvores com a perna ferida apoiada em um banco de madeira.

Durante a manhã, os habitantes da Cerâmica Cil ficaram sem energia elétrica porque durante um jogo de futebol uma bola atingiu um fio elétrico e saiu fogo de um transformador.?Tem vezes que falta energia durante quatro dias seguidos e a Eletrobras só vem restabelecer o fornecimento quando os moradores revoltados bloqueiam a rodovia com fogo em pneus e troncos de árvores?, declarou o ajudante de restaurante José Nilton.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar