Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

PPP do Zoobotânico terá como inspiração a do Parque do Ibirapuera - SP

Os cenários da concessão de parques ambientais públicos para a iniciativa privada foi o primeiro tema debatido nesta sexta-feira, 04, na progamação do II Fórum de PPPs Piauí, que acontece durante todo o dia, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Piauí (OAB-PI). O evento começou ontem, com um encontro dos gestores de unidades de PPPs, que reuniu representantes de 18 estados brasileiros e mais do Distrito Federal. Ao todo, são mais de 350 pessoas inscritas no evento. 

Respeitando os protoclos de saúde por causa da pandemia de covid-19, apenas 70 pessoas participam do evento de forma presencial. Os demais acompanham a programação ao vivo, pela internet. A Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc) está à frente da organização do evento, junto com a empresa Hiria. São Paulo, Minas Gerais, Tocantins, Paraná, Rondônia, Santa Catarina, Bahia, Paraíba, Maranhão, Santa Catarina e Rio Grande do Sul são alguns exemplos de estados participantes.

Representantes do Projeto acompanham videoconferência com diretores do Ibirapuera em SP

O primeiro painel contou com a participação presencial da diretora de projetos da São Paulo Parcerias (SP), Nara Carolina Merlloto. Ela apresentou um pouco da experiência da concessão do Parque do Iberapuera, um dos mais conhecidos do Brasil, localizado na capital paulista.  

Pela internet, o presidente do Instituto Semeia, Fernando Pierone, também falou sobre o tema, relatando a experiência e aprendizagem do instituto, que é referência nacional no assunto e, inclusive, auxilio na elaboração do projeto de PPP para o Parque Zoobotânico de Teresina. 

“O sucesso desses projetos depende muito do engajamento da comunidade em que o parque está inserido, principalmente se esse parque for de abrangência federal. A comunicação com os vários públicos deve ancontecer bem antes de a concessionária começar a operar. Eu diria que é muito difícil executar esse tipo de parceria desconectado do entorno e da área de influência do parque”, destaca Fernando Pierone.

Viviane Moura, superintedente da Suparc, fala da importância estratégica das PPPs para o momento de crise que o mundo enfrenta por causa da pandemia. “O fórum serve como uma troca de experiência e ideias para melhorar projetos e apontar caminhos para que o privado contribua e os investimentos em infraestrutura possam continuar acontecendo, mesmo com as restrições que os orçamentos públicos vêm sofrendo diante de toda essa crise”, diz a superintendente do Piauí.

Viviane Moura, superintedente da Suparc

A programação do II Fórum PPPs Piauí segue até as 18h, com  discussão de outros temas como os desafios na implementação de novos projetos diante do cenário de crise, os impactos da Covid-19 nos contratos e os financiamentos de bancos público. 

O governador Wellington Dias (PT)  vai ao evento, a partir das 16h30, quando falará sobre as perspectaivas de PPPs no Piauí e fará o encerramento do evento.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar