Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Pro Educação vai alfabetizar mais de 200 mil piauienses em dois anos

O governador Wellington Dias se reuniu  com o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, e superintendentes da Seduc para tratar do Programa Pró Educação, um dos eixos de desenvolvimento do Pro Piauí, o maior plano de investimentos para o desenvolvimento do estado.

De acordo com o secretário da Educação, os gestores estão centrados na organização da rede de educação.

 “Além da entrega dos prédios equipados, estamos focados em oferecer uma educação de qualidade, condizente com as necessidades de cada município piauiense”, comentou Ellen Gera.

Gestores se reuniram para articular demandas do Pro Educação

Gera  explicou que haverá uma adaptação da rede de educação de acordo com as especificidades dos municípios e que, além do ensino regular e profissionalizante, a rede de ensino de jovens e adultos será priorizada. “Temos um desafio de nos próximos dois anos alfabetizar mais de 200 mil piauienses maiores de 15 anos que ainda não são alfabetizados”, contou o secretário.

Para o governador, a meta é garantir também as condições de empregabilidade. “Pessoas que paralisaram os estudos por alguma razão e mesmo aquelas que concluíram o ensino médio, mas que ainda não têm uma profissão, poderiam fazer os cursos de curta e média duração, para garantir uma profissão dentro daquilo que tem mais oportunidade, seja com um emprego seja com o empreendedorismo”, disse Wellington Dias.

Dias explicou que esses cursos podem ser de forma direta ou por mediação tecnológica e que estão sendo pensados de acordo com a necessidade de cada região. “Hoje temos regiões com a área relacionada à energia éolica, energia solar, manutenção de fibras, profissões que não tínhamos na rede cursos voltados para elas. Agora, nesse planejamento, vamos permitir a oferta de cursos relacionados a essas áreas. Será o casamento entre a formação e a necessidade, com certeza que, ao concluir um curso, há maiores chances desses profissionais entrarem rapidamente no mercado”, comentou o gestor.

O governador também esteve, na quarta-feira (23), em audiência com a secretária interina do Planejamento, Rejane Tavares, que apresentou a necessidade de trabalhar na área do planejamento um resgate das metas que foram traçadas anteriormente para que haja um panorama das que faltam ser concluídas.

De acordo com Wellington, na oportunidade também foram apresentadas novas metas voltadas para cada região e que têm como objetivo alcançar o desenvolvimento econômico, com segurança e investimentos, melhorar a mobilidade urbana, o lazer.

“Esse plano vai poder definir estratégias para os municípios, como a necessidade de centros de saúde, laboratórios, praças, mobilidade urbana e tudo que aquela cidade precisa para o seu desenvolvimento e a qualidade de vida das pessoas”, explicou Dias.

O governador acrescentou que um grupo de trabalho foi formado para a base de dados e muitos dos investimentos já estão em andamento, outros já estão preparados para que possam ser licitados em 2021.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar