Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Soldado da PM do Maranhão é executado na Av. João XXIII em Teresina

Atualizada às 18h57

O soldado da Polícia Militar do Maranhão, identificado como Frantiaiallo Gonçalves Pereira Silva,  foi executado com um disparo de arma de fogo no peito na tarde desta sexta-feira (28/08), na avenida João XXIII, no bairro São Cristóvão, na zona Leste de Teresina.

Segundo informações apuradas pelo meionorte.com, os criminosos se aproximaram da vítima que estava parado próximo a sua motocicleta  esperando sua noiva sair do trabalho,  efetuaram pelo menos dois disparos e em seguida fugiram sem levar nenhum pertence do soldado.

"As informações que tivemos é que esse policial do Maranhão estava aqui esperando a namorada que trabalha na loja e três elementos em um Fiat Uno branco chegaram e dispararam, não levaram nada, o que se acredita que tenha sido execução." declarou o comandante do 5º BPM.

Documento de identificação de Frantiaiallo Gonçalves Pereira Silva 

Policial militar morto na Avenida João XXIII

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU foi acionado, mas ao chegar no local a vítima já estava sem vida. O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa - DHPP, a Polícia Militar e o Instituto Médico Legal - IML também estiveram no local para isolar a área e realizar a remoção do corpo.

Frantiaiallo Gonçalves Pereira Silva era lotado no 16º Batalhão da Polícia Militar do município de Chapadinha, no Maranhão.

Corpo do PM morot na Avenida João XXIII - Foto: Ivan Lima

Prisão do primeiro acusado

Minutos após o crime, um policial à paisana que estava próximo ao local capturou um dos acusados de envolvimento na morte do soldado Frantiaiallo Gonçalves, no bairro São João. Segundo informações, a polícia militar está em busca dos outros dois acusados de participar do homicídio.

A equipe do Centro Tático Aéreo da PM do Maranhão sobrevoaram a região onde aconteceu o homicídio para ajudar na localização e prisão dos outros dois acusados.

Centro Tático Aéreo da PM do Maranhão

Acusado de matar o PM na avenida João XXIII

Prisão do segundo acusado

O segundo suspeito de matar o soldado, ainda não identificado, foi preso no início da noite desta sexta-feira, na Avenida Miguel Rosa, próximo ao Hospital de Campanha João Fernandes Claudino, na zona sul da capital. O veículo utilizado pelos criminosos foi recuperado.

Veículo utilizado pelos criminosos 



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar