Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Vendas de imóveis cresce 8,4% no Brasil de acordo com a CBIC

O mercado imobiliário é um importante segmento para manutenção e crescimento da economia. 

A comprovação deste fato é que mesmo diante dos impactos provocados pela pandemia da Covid-19, as vendas de imóveis no Brasil subiram 8,4% nos primeiros nove meses do ano de acordo com o recente levantamento realizado pela Câmera Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional), em parceria com a Brain Inteligência. O levantamento foi apresentado nesta semana.

E os dados são significativos, pois está sendo realizada a maior Feira de Imóveis Online do Brasil, que já se tornou um marco digital devido sua área de atuação e engajamento social. O evento segue até o dia 28 deste mês e a estimativa é a participação de cerca de 10 milhões de brasileiros e mais de 1 milhão de interações entre consumidores e empresas.

Francisco Reinaldo, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon Teresina), salienta que o ramo imobiliário é importante para movimentar o setor e que os dados da CBIC representam progresso diante do atual cenário de pandemia. 

Francisco Reinaldo, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon Teresina)

Em relação à Feira de Imóveis, ele ainda pontua que “estão sendo ofertados mais de 5 mil imóveis em 150 cidades brasileiras, com participação de construtoras locais no evento. É uma ótima oportunidade, com muitas facilidades, para adquirir a casa própria”, diz.

A pesquisa ainda aponta que nos primeiros nove meses de 2020 houve uma redução de 27,9% nos lançamentos de imóveis e uma redução de 13% na oferta, quando comparado com o mesmo período de 2019. Já no que diz respeito ao 2º trimestre de 2020, os lançamentos no 3º trimestre subiram 114,1%. Mesmo com o aumento, os indicadores ainda não compensam as perdas do 1º semestre.

Para o levantamento, 150 municípios participaram, sendo 20 capitais, de Norte a Sul do Brasil.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar