mais

Mortes por Covid caem ou ficam estáveis em 74% dos municípios do Piauí

Em relação a novos casos, 56% dos municípios piauienses apontaram que se mantiveram estáveis, enquanto 16% observaram uma diminuição e 12% um aumento.

Levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) aponta que 74% dos entes piauienses apresentaram uma estabilidade ou queda no número de óbitos por Covid na última semana. Dentre os municípios que responderam ao questionamento da entidade, 44% apontaram que as mortes em decorrência da doença provocada pelo coronavírus se mantiveram estáveis; enquanto 30% indicaram que houve uma redução. 

Porém, um outro dado preocupa: 8% dos municípios destacaram que os óbitos por Covid tiveram um aumento. Outros 18% não responderam. 

Em relação aos novos casos, tendo em vista que o Brasil chegou a bater o recorde de diagnóticos positivos ao longo dessa semana, 56% dos municípios piauienses apontaram que se mantiveram estáveis, enquanto 16% observaram uma diminuição e 12% um aumento. Outros 16% não responderam ao questionamento da entidade municipalista. 

Piauí registra queda nos óbitos por Covid na última semana (Foto:  Silvio Avila)Piauí registra queda nos óbitos por Covid na última semana (Foto:  Silvio Avila)

No Brasil a situação é mais preocupante, tendo em vista que 34% dos Municípios apontaram para o aumento no número de casos confirmados de Covid-19 na última semana. Outros 31% afirmaram que o cenário está estável e 17% ter havido diminuição do número. Em relação aos óbitos pela doença, 18% apontaram aumento; 45% estabilidade; e 20% queda.

Na última semana, segundo a CNM, 562 Municípios (16%) destacaram que ficaram sem vacinas para dar continuidade ao plano de imunização. Desse percentual, 73% afirmaram terem ficado sem vacinas para a primeira dose e 43% sem a segunda, o que indica que algumas localidades ficaram sem nenhuma vacina no estoque. Na edição anterior da pesquisa, realizada entre os dias 7 e 10 de junho, 15% dos Municípios responderam que ficaram sem imunizante.

A Coronavac é ainda o imunizante com mais necessidade para completar o esquema vacinal da população que já recebeu a primeira dose, tendo sido apontada por 90% dos respondentes. Em relação à distribuição da vacina da Pfizer, 74% dos Municípios afirmaram que já receberam esse imunizante. Na edição passada da pesquisa, 51% dos respondentes afirmaram já terem recebido a vacina.

[email protected]

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail