Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Eleição para presidente da Assembleia está longe de um consenso

Dois grupos brigam pela presidência da Casa

Na edição do quadro Jogo do Poder dessa segunda-feira (10/12), no programa Agora, composto pelos jornalistas Amadeu Campos, Arimatea Carvalho, Efrém Ribeiro, Samantha Cavalca e Ananias Ribeiro, os profissionais explanaram sobre os principais pontos dos bastidores da política.

Folha de pagamento dos servidores é prioridade do governo

O repórter Efrem Ribeiro conversou com o governador Wellington Dias, que assegurou que a prioridade neste final de ano é o cumprimento da folha de pagamento dos servidores do Estado.

"Nossa prioridade sempre é a folha de pagamento, as condições para que tenhamos um funcionamento das atividades e sempre a capacidade de investimento. Estou voltando a Brasília exatamente porque estamos decidindo sobre novas fontes de receita e o Piauí, junto com outros governadores do Brasil, vai ajudar para que a gente possa ampliar a capacidade de investimento de 2019 em diante. [Quanto aos terceirizados] Estamos fazendo uma readequação, vários contratos estão vencendo e vamos tomar decisões sobre o que permanece dentro da nova missão do Estado a partir do novo programa de governo, a partir de 2019. Os comissionados permanecem como interinos, até a definição do novo cronograma que vai ser em fevereiro", disse Wellington Dias.

Eleição para presidente da Assembleia Legislativa está longe de um consenso

A bancada do Jogo do Poder voltou a comentar sobre as eleições para presidente da Assembleia Legislativa, que acontecem em fevereiro do próximo ano.

Ananias: Está difícil (consenso). A princípio a estratégia dos dois grupos, Progressistas e MDB, envolve o governador, o MDB pedindo que Wellington fique neutro na disputa e não participe de forma efetiva na condução dos votos, o que dá uma margem para que o Themístocles vença, caso batendo chapa. E no caso do Progressistas o próprio senador Ciro Nogueira disse que a escolha é do governador, que ele deve sim participar e o próprio Hélio Isaías disse que vai conversar com o governador. Então os Progressistas apostam nessa participação mais efetiva de Wellington Dias. A principio, os dois grupos estão unindo força e não há sinalização, pelo menos que eu tenha conhecimento, de um dos lados ceder à disputa, o que indica bater chapa em fevereiro.

Arimatea Carvalho: Eu conversei no sábado a noite com o deputado Firmino Paulo, na confraternização dos delegados de polícia civil. O que ele me disse foi que o Progressistas teria a garantia do governador Wellington Dias que ele não apoiaria mais uma reeleição na Assembleia Legislativa, ou seja o Progressistas conta com o apoio de Wellington Dias para a candidatura de Helio Isaías. Eu perguntei se o candidato seria mesmo Helio Isaías, ele disse que sim, e que percebe uma possibilidade de bateção de chapa.

Samantha Cavalca: Todo mundo sabe porque o candidato não é o deputado Julio Arcoverde, primeiro porque ele está passando por um problema pessoal relacionado a um problema de saúde de uma pessoa da família. E segundo eles entenderam que o nome de Hélio seria um nome mais aberto e não pareceria que o senador Ciro Nogueira estaria interferindo diretamente na eleição da Assembleia Legislativa. Mas conversei com alguns Progressistas que disseram que é o nome de Helio Isaías se, e somente se, tiver o apoio de Wellington Dias, se ele não entrar de cabeça na eleição o nome será de Júlio Arcoverde, porque tive um compromisso do próprio governador e do deputado petista Assis Carvalho, e eles tinham esta garantia de que o governador não ficaria isento, como está pedindo o MDB. Sobre o pedido do MDB, o presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho, conversou com o governador Wellington Dias, e interlocutores da conversa afirmaram que Themístocles foi conversar sobre os preparativos da posse do governador, mas também foi pedir para que ele se mantenha isento na eleição da Assembleia Legislativa. O governador falou que ainda está avaliando.

Arimateia Carvalho: Uma informação colhida junto a um deputado do MDB, o que ele disse é que o MDB está torcendo para, em caso de bateção de chapa, o candidato ser Hélio Isaías e não Júlio Arcoverde. Eles avaliam que seria mais fácil derrotar Hélio Isaías do que Júlio Arcoverde, o que eles consideram um nome que seria capaz de reverter. Este deputado disse que no caso de Hélio ser o candidato ele não teria os seguintes votos: Janaína Marques, Flora Isabel.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar