Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Saiba quem é a possível aposta de Firmino na área médica em 2020

O assunto foi repercutido durante o quadro de hoje.

Na edição do quadro Jogo do Poder dessa segunda-feira (03/12), no programa Agora, composto pelos jornalistas Amadeu Campos, Arimatea Carvalho, Efrém Ribeiro, João Carvalho e Carol Durães  os profissionais explanaram sobre os principais pontos dos bastidores da política.

Padre Tony Batista solicita que Estação de Integração mude o atual nome de Catedral

Segundo Efrém Ribeiro, uma polêmica está envolvendo a estação de passageiros da avenida João XXIII. Isso porque o padre da catedral Nossa Senhora das Dores, Osorio Neto, fez um sermão na noite de ontem dizendo que a arquidiocese ia entrar com uma ação na Justiça contra a Prefeitura de Teresina por conta do nome da estação de ônibus: Catedral, que está construída na frente do templo religioso da Igreja Universal - que está em construção -.

De acordo com o padre Tony Batista, tudo pode ser resolvido na conversa. “Nós tememos a confusão na cabeça do povo das periferias, que ele pega o ônibus para a  Catedral Nossa Senhora das Dores, não é outra coisa, é só o termo, o titulo catedral, já que tem uma igreja que está em construção, então isso poderia criar confusão na cabeça das pessoas pensando que a catedral mudou, só isso. Uma conversa pode ser feita para se ponderar mas também se não mudar também não tem problema. Teresina tem uma catedral desde que foi criada, que é a Nossa Senhora das Dores em qualquer bairro que você chegar e disser ‘a catedral está em festa’ todo mundo sabe que é a Igreja das Dores e agora tendo uma igreja nova protestante sendo construída e na frente tendo uma estação chamada ‘Catedral’ pode confundir a opinião pública pensando que a catedral não é mais aquela, já é outra”, afirmou.

O padre Fábio Fernandes afirmou que a questão deve ser revolvida o mais rápido possível. “Respeito com relação a história de toda uma construção social e cultural de um país, o termo catedral é algo específico da idade média, oriundo do império romano e que a igreja sempre utilizou como sendo lugar da catedra, da cadeira onde o bispo se assenta e de lá prega e protege a fé. Ao utilizar o termo de forma muito incomum gera para a capital mais católica do país certa surpresa e incômodo, mas acredito que todas as estâncias deverão estar em diálogo para resolver essa questão o mais breve possível”, disse.

“Foi uma homenagem que o prefeito fez a igreja que está sendo construída na João XXIII e por isso foi colocado esse nome, não é motivo para polêmica, acredito que tudo é para agradar a Deus”, declarou o Pastor Levino.

Efrém Ribeiro: “Eu fui na arquidiocese, realmente foi acionado o setor jurídico, se cabe alguma medida judicial ou não, mas todo mundo sabe que o Padre Tony é o intermediador do diálogo entre a igreja e a prefeitura e deve resolver”.

João Carvalho: “O padre pede auxilio a arquidiocese e quem representa é o arcebispo, a igreja traz a tona uma discussão bastante complicada, a igreja tem muitos nomes em órgãos públicos, não é uma coisa interessante porque se os evangélicos forem cobrar o revés sai mais caro”.


Carol Durães: “Historicamente tem que ser avaliado isso mas daqui para frente, existe essa premissa de que o estado é laico, uma parada de ônibus faz uma homenagem ou tem qualquer tipo de conotação religiosa, isso não esta seguindo essa premissa”.

Arimatea Carvalho: “O padre Nilton exigiu que a estação de passageiros que a Prefeitura de Teresina já estava construindo saísse da frente da igreja da Primavera porque atrapalharia a presença de fieis, desfez-se tudo, foi para o zero, derrubou o que estava feito para atender o pedido. Quando a Catedral da Fé da Igreja Universal do Reino de Deus for inaugurada vai ser uma referência sim, quer queira ou não, para o passageiro é uma referência geográfica que faz todo sentido. Não quer catedral? Põe Catedral da Fé, porque é nome que vai estar lá”.

Sobre uma possível candidatura a prefeitura de Teresina, o padre Tony esclareceu: “Não quero nem discutir, eu uso da razão plenamente, sou escandalosamente feliz como padre, quero morrer como padre”.

Arimatea Carvalho: “Padre Francisco Borges disse que também não é candidato, falta o padre Nilton da Primavera, que tem muita popularidade”.

João Carvalho: “Se o padre Nilton entrar complica a situação de todo mundo, se preparem, um dos caras mais respeitados de Teresina, a aceitação da cidade é impressionante”.

 (Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)

Votação do Uber na Câmara Municipal

Efrém Ribeiro: “Está se esboçando nessa votação do Uber o que aconteceu na eleição  para a presidência da Câmara dos Vereadores, aqueles vereadores que estavam insatisfeitos com o Firmino Filho votaram no Jeová, agora está acontecendo a mesma coisa em relação ao Uber”.

João Carvalho: “Quem quer ser independente, vota, não fica dizendo que vai votar não, se eu bem conheço o Firmino ele não vai chamar para conversar não, pode até ajeitar um ou outro, mas conversar com esses vereadores insatisfeitos não vai”.

Possível candidato de Firmino a prefeitura de Teresina

De acordo com o jornalista Arimatea Carvalho, o candidato de Firmino na área empresarial seria João Vicente Claudino, na área dos padres tem vários nomes, mas na área dos médicos já tem um nome apontado por fontes próximas ao prefeito.

“Eu recebi essa informação de um secretário do prefeito Firmino Filho, fonte próxima. O nome seria o do médico Flávio Santos, irmão do médico que foi candidato a vice-governador na chapa de Elmano Ferrer, Luis Airton Santos”.

Carol Durães: “É um nome forte, bem consolidado no mercado.”

Médico Flávio Santos
Médico Flávio Santos

Rejane Dias decide cumprir novo mandato de deputada federal em Brasília

O jornalista Efrém Ribeiro conversou com Rejane Dias que declarou que pretende ficar em Brasília.

“Eu quero fazer a minha contribuição na frente da pasta, quero continuar dando minha contribuição na Câmara até porque faço parte da comissão de educação e a gente tem feitos bons debates lá  para que possamos apresentar boas proposições para melhorar a educação que está precisando muito. Existe uma comissão especial só para poder tratar do Escola sem Partido, a Comissão de Educação está se debruçando sobre isso, é um projeto bem polêmico”, disse ela.

Amadeu: “Não fica a Rejane Dias mas o Landim ia ser primeiro suplente porque o Merlong assumiria a educação, ainda precisaria que alguém saísse da base do governo, como por exemplo o Fábio Abreu”.

João Carvalho: “O Fábio Abreu também não está morrendo de amores, ele quer indicar alguém para a secretaria, mas não quer ir, mas a gente sabe que a tendência é ele ir, o governador quer ele”.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar