Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Crise e medo andam juntos e no mesmo sentido.

Momento de ansiedade

Boa tarde gente!

Todos nós, seres humanos somos pressionados por necessidades, e uma das mais básicas é a necessidade de segurança, que inclui ter um trabalho, um emprego, uma fonte de renda que permita a subsistência. Por outro lado, o medo é o que nos move no sentido de proteção, de sobrevivência e de escapar dos perigos. Por isso, crise e medo andam juntos e no mesmo sentido: maior a crise, maior a escassez, maior o medo de perder o que se tem.Se por um lado o medo nos mantém alerta e nos dá a força para fugir do perigo, por outro, também desperta diversos aspectos de angústias e ansiedades que podem levar a pessoa a questionar seu próprio valor, seu merecimento, sua capacitação, enfim, olhar para si mesma e para os outros e pensar: será que eu sou realmente tão bom quanto meus colegas? E, ao sentir-se inseguro, passa a agir de forma dispersa, a atrasar a entrega de resultados, chegando inclusive a ficar doente em casos mais graves.

E pela queda na performance, pelo desequilíbrio emocional, pela baixa na qualidade do trabalho, o empregador pode acabar optando por demiti-lo, mesmo que até então tenha sido um funcionário adequado. Num ciclo crescente, este profissional fica com a autoestima abalada e a busca por uma recolocação no mercado fica mais difícil, pois levará consigo sentimentos de fracasso adquiridos na experiência anterior.O primeiro caminho, no sentido de minimizar esta angústia que o medo trás, é conversar. Seja com o seu gestor, colegas de trabalho, familiares, amigos. Pessoas que possam ajudar a sair deste momento de ansiedade e insegurança ao trazerem fatos e situações que confirmem que a pessoa tem qualificações, tem resultados, tem um perfil que atende. Tirar a pessoa da espiral do “eu não sirvo” é um caminho eficaz, pois com base em fatos e situações reais a pessoa consegue ver-se de forma mais racional e o medo tende a ceder. Não é passar a mão na cabeça, mas sim oferecer dados que mostrem a realidade como ela é percebida por aqueles que estão ao seu redor.

Cada pessoa é única e diferente. Uma técnica que serve para alguns não serve para outros. Então, o caminho mais eficaz para controlar o medo é o autoconhecimento.Saber o que é importante, o que espera alcançar, quais suas motivações, quais suas limitações, qual seu tempo, tudo isso aumenta a sensação de controle. E, estando no controle de si mesmo, as decisões cabem muito mais à própria pessoa do que ficar à mercê de um empregador. Se, por exemplo, a pessoa entende que está tecnicamente atrás de seus colegas, mas sabe que pode continuar estudando e chegar ao mesmo nível, o pensamento de demissão poderá até existir, mas o impacto pessoal deste pensamento não será devastador, pois existem opções que a pessoa consegue visualizar em sua vida e que a ajudarão a mantê-la no caminho do desenvolvimento.

Em situações de crise, é a criatividade, o fazer diferente, que determinará o sucesso e a continuidade do negócio. Ninguém e nenhuma instituição é tão resiliente que pode se dar ao luxo de acreditar que a crise é para os outros. Neste contexto de crise, o maior ativo que uma empresa tem são seus funcionários, pois são mentes criativas, com comprometimento e determinação, coisas que movem as pessoas a serem melhores e a superarem obstáculos.Permitir que o medo se instale é o mesmo que cortar toda a criatividade das pessoas. E sem soluções criativas, a superação da crise não acontece.Na minha vida profissional passei por inúmeras crises, políticas, econômicas, concorrenciais e sempre foram as pessoas que fizeram a diferença. Se as vendas caem e a primeira ação é cortar pessoas, infelizmente, neste caminho, a chegada muito provavelmente será o encerramento das atividades ou venda do negócio. Pois é um caminho de encolhimento sem volta, pois sem pessoas não há negócios.OK???


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se