Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
José Alves Filho

Recessões e períodos dificeis

O sistema que foi criado em nosso país

Venho percebendo já há algum tempo uma, certa sensação de desespero silencioso em grande parte dessas pessoas. É o modo de falar, a mudança de postura, aquela coisa de quem está apanhando no escuro e não sabe para que lado correr. Eu, tento falar sobre o que penso ser um dos motivos. O sistema que foi criado em nosso país, infelizmente, parece criar mais problemas e dificuldades do que soluções e facilidades. Não pense que estou sugerindo aquela coisa de Estado mãe de todos, que resolve todos os seus problemas. Longe disso. Mas quando uma boa parte das pessoas começa a reclamar das condições de vida e da dureza da vida, é preciso prestar atenção. É normal, em recessões e períodos difíceis, que uma parcela da população queira arrumar as malas e procurar mares mais calmos.O problema é quando a coisa parece tão generalizada que esse também se torna o objetivo das pessoas que dão certo e fazem sucesso em nosso país. Nosso país não dar para morar mais... é reforma trabalhista, previdenciária e tercerização enfim, tudo isso,para ferrar o trabalhador. 

Não me leve a mal, sou totalmente a favor de experiências internacionais no currículo. No mínimo, acho que ir para outro país aumenta nossa perspectiva de que existe um mundo lá fora e melhora nossa cultura geral e desenvoltura para lidar com problemas. Também acho válido que pessoas em dificuldade queiram arrumar as malas e recomeçar em outro lugar. É isso que está acontecendo, porém. Eu acho que, o sonho não é ter sucesso para ficar por aqui. Com as dificuldades que temos, por que colocar tudo a perder assumindo o risco de ficar, quando finalmente temos patrimônio para fazer a vida em outro lugar? Basta ver o número de pessoas de sucesso saindo como cantores empresários e políticos, ou o modo como costumamos nos referir a alguém que resolveu ir embora (não me lembro da última vez que ouvi “Tadinho, se o sonho de quem “ dá certo” é ir embora, alguma coisa está errado, foi morar na Europa ou nos Estados Unidos”). Por favor, não me venham com discursos patrióticos.

Em todo lugar que vou, escuto alguém falar que está de mudança, ou ao menos pensando em se mudar. Se você quiser vestir uma camisa verde-amarela, cantar o hino e chamar essa turma de traidores, sinta-se à vontade.Também podemos tentar entender isso e fazer algo a respeito. Empresários deviam ser celebrados. São eles que assumem riscos, trabalham além das 8 horas por dia, sofrem processos, lidam com fiscalizações e ainda são vistos como culpados quando algo sai errado. Uma empresa que cresce gera empregos, movimenta a economia e paga impostos altos. É tudo que um país precisa para crescer e ter uma economia saudável. OK?


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×