Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Qual paradigma você adota?

Qual paradigma você adota?
|

Recebo interessante resultado científico: pesquisadores reuniram vários macacos, diante de uma escada com penca de bananas pendurada no último degrau superior. Um macaco, de cada vez, tinha de subir, estimulado pelas frutas. Subiu o primeiro. Enquanto desfrutava lá em cima, embaixo os macacos recebiam uma ducha de água gelada, que os irritava. Subiu o segundo macaco, outra ducha nos couros dos companheiros, embaixo. E assim sucessivamente, até os animais começarem a reagir, diante das aflitivas duchas geladas: os símios batiam em cada companheiro que tentasse subir a escada. Os cientistas repetiam a experiência: o coitado escolhido apanhava dos colegas. Criou-se, entre os macacos, um PARADIGMA, isto é, um modelo de defesa instintiva, que nem eles sabiam explicar: não deixar um companheiro subir, para os demais não receberem pancada de água gelada. Eis um exemplo de PARADIGMA.

      PARADIGMA é imagem ou exemplo colocado como modelo de conduta e opinião. As sociedades se estruturam sobre PARADIGMAS bons e danosos. Bons exemplos de preservação ambiental, generosidade, honestidade; danosos, o alcoolismo, drogas, ódio, taras, vingança.

   Nos meios de comunicação, estimulam-se PARADIGMAS de condutas sociais sem o mínimo de filtragem de valores. Ídolos populares insinuam nos jovens comportamentos agressivos, falta de pudor até no bom português. Cenas de novelas retratam adolescentes em boates, ingerindo alcoólicos e energéticos, tirando a roupa, contorcendo-se erótica e freneticamente, cujas consequências esbarram em motéis, brigas, acidentes e mortes. PARADIGMAS de condutas virtuosas, testemunhos heroicos de ex-viciados e ex-bandidos não interessam. Vícios dão audiência, em detrimento da virtude. O negócio é investir na avacalhação moral dos novos tempos: reviver SODOMA e GOMORRA, decadência de ROMA em comilanças e sacanagens nas térmicas dos prazeres sexuais malucos,  cujo fim, uma vida curta em torno dos 30 anos.

         O PARADIGMA da moda estabelece liberdade total: troca de casais, sexo em qualquer pose ou gênero, casamento em série, exposição de nu com falsa fragrância de arte, dentre outros.

         Na década dos anos 60, feministas protestavam contra os PARADIGMAS da sociedade machista. Em protestos, exibiam seios desnudados, apelos eróticos. A FOLHA DE SÃO PAULO entrevistou a americana, Camille Paglia, 60 anos, ex-ativista lésbica. Camille condena, veementemente, o movimento gay, por exercer pressão sobre jovens. Conforme Paglia, “a geração atual de adolescentes anda mais seduzida pelos PARADIGMAS à homossexualidade do que antigamente. Estudantes americanos não gays já experimentam hormônios para adquirir feições assexuadas. Homossexuais não defendem só direitos da classe, mas tentam seduzir expressivo número de adeptos”. Assemelham-se ao movimento feminista dos anos 60, que se impôs, graças a passeatas e manifestações artísticas com divulgação dos PARADIGMAS do grupo. Ex-ativistas feministas, hoje idosas, confessam-se arrependidas. É que alguma lição há na experiência com os macacos: bananas saborosas, sim, mas sem se lambuzar com água gelada de hábitos estranhos aos PARADIGMAS da educação, digamos, cristã.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×