mais

A beleza do cabelo cacheado, crespo e ondulado!

Campanha de profissionais da beleza busca estimular as pessoas a deixarem os fios naturais através do processo de transição capilar

Assumir a própria identidade com orgulho da própria história e beleza. A campanha Identidade Crespa une profissionais do ramo da beleza e mulheres que decidiram assumir o cabelo como ele é, sem técnicas de alisamento e relaxamento praticado em salões. A ideia surgiu da história de vida das clientes que buscam profissionais especialistas nos cuidados de fios cacheados, crespos e ondulados. 

O lançamento do primeiro vídeo da campanha foi dia 24 de abril. No total, serão cinco vídeos que serão postados nas redes sociais. 


Kati Monteiro, que está à frente do projeto, explica que a produção audiovisual é fundamental para colocar a ideia para a frente. “No total serão cinco vídeos que estamos postando nas nossas redes sociais. O próximo será lançado no sábado dia 22 de maio. Estamos nos organizando para mais ações, o próximo será levar o projeto para as comunidades, levar serviços paras as meninas, levar orientações sobre como cuidar do cabelo crespo”, conta. 

Kati Monteiro. Crédito das fotos: André Luís com edição de Jéssica Camila.Kati Monteiro. Crédito das fotos: André Luís com edição de Jéssica Camila.

Kati explica que a maioria dos salões não tem o perfil técnico do cuidado desse tipo de fio. “A campanha surgiu do que encontramos no dia-a-dia. A campanha é, principalmente, para quem tem o cabelo crespo. Em salões tradicionais, onde fazem alisamento, as pessoas não sabem lidar com essas clientes. Muitos não possuem a técnica de corte, higienização e de pentear o cabelo crespo. Então a presença de uma mulher com o cabelo crespo vinha sempre com uma história de vida. Muitas não sabiam como era mais o próprio cabelo porque se submetiam a práticas de alisamento”, relata.

É preciso mostrar a beleza do crespo 

Juliana Rebelo é revendedora de cosméticos específicos para esse tipo de cuidado e conta que a campanha é importante. “A ideia surgiu da dificuldade de mulheres crespas aceitarem seus cabelos reais, e por isso estarem sempre buscando produtos e tratamentos para ‘amolecer’, ‘domar’ , ‘abaixar’ ou mesmo de ter ‘cachos definidos’ . Estamos tentando mostrar para elas que a nossa curvatura crespa tem suas belezas, a sua força e que podemos usar nossos cabelos naturais sem a pressão por novos padrões sociais, aproveitando que algumas marcas tem ampliado os seus estudos e vem oferecendo cada vez mais produtos de qualidade e ricos nos cuidados que o nosso crespo precisa pra ficar cada vez mais forte e poderoso!”, acrescenta. 

Juliana.Juliana.

A campanha Identidade Crespa tem como objetivo mostrar a beleza, poder e potencial que o cabelo crespo possui. “Além disso, reuniu um coletivo de mulheres empreendedoras e negras, todas com o mesmo propósito, celebrar com orgulho e amor nossa identidade crespa. A importância e representatividade dessa campanha reflete em nossas crianças, adolescentes e mulheres crespas, pois vem mostrar que o cabelo crespo, muitas vezes julgado como fora do padrão, não precisa ser domado, preso ou diminuído. Nosso crespo vai muito além de traços estéticos, é nossa identidade, pois quanto mais alto e volumoso melhor. Viva ao crespo, viva ao poder, viva a nossa identidade”, reflete Nataly Mesquita, cabeleireira especialista no segmento.

Nataly.Nataly.

"Amor sobre quem somos"

A médica Carla Sena conta da experiência com o projeto. “Identidade Crespa é uma provocativa campanha que nos convida a olhar com amor sobre quem somos. É um convite a olharmos para além do espelho! No espelho vejo a mãe, esposa, mulher negra e indígena, filha, amiga, irmã, médica. Vejo uma senhora crespa grisalha e tatuada. Todas as imagens falam um pouco de mim, mas nenhuma delas me define por completo”, conta.

Carla SenaCarla Sena 

Carla reforça a necessidade de atrelar o cabelo natural a aspectos culturais. “Minha identidade é única! Nosso corpo, nossas marcas, nossa história são exclusivos e isso nos torna extraordinariamente valiosos! Essa campanha é um convite a esse encontro amoroso com nossa verdadeira e poderosa identidade”, considera. 

Samara e Maria Luísa.Samara e Maria Luísa.

Samara Fonseca, cabeleireira, tem uma filha crespa, a pequena Maria Luísa, e também participou da campanha como modelo. "Queremos exaltar essa beleza e chegar através das redes sociais e da mídia à casa de várias mães para que elas se reencontrem. A mãe, que hoje tem 30 a 35 anos, foi ensinada que o cabelo dela precisava ser alisado para se encaixar. Eu fui essa mãe, essa adolescente, que precisava passar produtos e secadores no cabelo. Hoje queremos mostrar que as mães e crianças podem ser bonitas sem química. Elas têm a opção de não alisar. A criança não deveria ser nem submetida a esse tipo de química", finaliza.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail