mais

Homens são mais negligentes com relação a saúde

Em comparação com as mulheres, eles são os que mais evitam ir ao médico e buscar cuidar da sua própria saúde, desencadeando doenças.

Lucrécio Arrais

Do Formação Saúde

Você sabe o que é procrastinar? Deixar aquilo que é muito importante para depois, ao ponto de nunca cumprir a tarefa? Pois é, isso pode ser muito prejudicial quando se trata da saúde. E a verdade é que os homens são mais negligentes com exames de rotina que as mulheres, como aponta a Organização Mundial de Saúde (OMS). Isto pode acarretar em consequências negativas no futuro da saúde deles.

James Feitosa tem 51 anos. Assim como muitos brasileiros, ele tem uma rotina agitada. Atendendo demandas de todo o Piauí, o coordenador comercial costuma passar muitas horas no escritório em frente de um computador, e acabava esquecendo de cuidar da própria saúde.

Homens devem buscar atendimento - reproduçãoHomens devem buscar atendimento - reprodução

Problema cardíaco

James teve a vida transformada há quatros meses quando apresentou um problema cardíaco, onde precisou passar por um procedimento cirúrgico delicado. O acontecimento freou um pouco a rotina, então ele passou a ter mais cuidado com os cuidados preventivos.

Ele passou por uma angioplastia para tratar a obstrução de artérias que conduzem o fluxo sanguíneo ao coração. Um pequeno tubo feito de uma malha de metal (stent) foi posicionado na artéria para mantê-la aberta e, assim, garantir um fluxo desobstruído.

Hoje James reconhece que os exames de rotina são essenciais para uma vida mais saudável. "Nunca é tarde para cuidar da saúde. É preciso estar atento, principalmente quem tem diabetes, pressão alta", revela.

Câncer de próstata: exame preventivo é essencial

O preconceito e a falta de tempo são as principais causas apontadas pelos homens para a negligência com os cuidados com a saúde. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, apenas 32% dos homens entre 40 e 70 anos fizeram o exame de toque retal, utilizado para avaliar doenças como o câncer de próstata.

Além de não buscar cuidados específicos em consultas e exames preventivos como este, a saúde do homem também é influenciada por seu comportamento, com fatores como a obesidade, sedentarismo, tabagismo e consumo excessivo de álcool.

Os homens procuram o médico quando estão doentes, diz Dr. Hamilton - reproduçãoOs homens procuram o médico quando estão doentes, diz Dr. Hamilton - reprodução

Hábito cultural 

Para evitar graves consequências, é preciso tomar o cuidado com a saúde como um hábito de vida. "As orientações para a saúde do homem são essenciais para que o hábito cultural de procurar o médico apenas quando está doente acabe", revela Hamilton Mourão, urologista.

No caso do câncer de próstata, algumas pessoas têm maior predisposição. "Quem tem casos na família, mais de 40 anos e pacientes negros, que também acabam tendo uma tendência maior. Essa avaliação então deve ser feita aos 45 anos, com o exame de PSA e toque", orienta o urologista Benjamin Carvalho.(L.A)

É preciso estar atento

Para Rodrigo Valença, oncologista, é preciso estar atento à saúde. "O check-up é essencial. Além dos infartos, a maior causa de morte de homens, o câncer, segunda maior causa, como o de próstata, também é um grande risco. Por isso a necessidade do exame de sangue e do toque retal, onde há um certo preconceito. Mas o diagnóstico tardio do câncer é pior", acrescenta.

Novembro Azul tem ajudado a divulgar campanha de conscientizaçãoNovembro Azul tem ajudado a divulgar campanha de conscientização

Atendimentos

Para reforçar o cuidado com os homens, a Secretaria Municipal de Saúde de Dom Inocêncio, localizada na região sul do Piauí, se mobilizou e realizou um evento com diversas atividades e atendimentos voltados para a saúde do homem, em alusão à campanha Novembro Azul.

Na primeira ação foram mais de 1.500 testes de PSA, um dos principais exames realizados para diagnosticar o câncer de próstata. Além de 200 ultrassom e 150 atendimentos apenas no município de Dom Inocêncio.(L.A)

Pré-natal masculino

Valdite fala sobre pré-natal masculino - reproduçãoValdite fala sobre pré-natal masculino - reprodução

Exames

Quando se fala em gravidez, logo imaginamos exames de pré-natal das futuras mamães. Mas agora existe o pré-natal masculino, com vários exames destinados aos papais. Após uma decisão do Ministério da Saúde, os homens também são orientados a fazer exames durante a gestação das esposas.

O objetivo é garantir que a população masculina cuide mais da sua saúde no geral e prevenir doenças que podem ser transmitidas do homem para a mulher e, consequentemente, para o feto durante a gravidez.

"Existe uma dificuldade de trazer o homem aos serviços de saúde. Então foi criado um guia de pré-natal masculino em 2016, algo que está implantado no nosso Piauí. Queremos oferecer o serviço e divulgar a informação", explica Valdite Leão, Coordenadora de Saúde do Homem da Sesapi (L.A)

Cuidar da saúde mental dos homens

Se as dores físicas são colocadas de lado, as dores psicológicas são ainda mais negligenciadas. Além do estigma de que homem não deve ser frágil, a questão do preconceito quanto à necessidade de apoio psicológico é outro paradigma do universo masculino.

É claro que isso precisa ser combatido, até porque os maiores índices de suicídio são entre eles, de acordo com dados do Ministério da Saúde. "Os homens têm dificuldade de buscar ajuda por conta de um contexto histórico e social onde o homem precisa ser forte, sem demonstrar fragilidade. Assim dificulta que o homem entenda os próprios pensamentos", revela Kaio Rodrigues, psicólogo.

Kaio defende quebra de barreiras - reproduçãoKaio defende quebra de barreiras - reprodução

Masculinidade tóxica

O psicólogo defende que é preciso quebrar as barreiras da masculinidade tóxica. "Quem tem medo, tristeza ou ansiedade deve procurar ajuda, inclusive os homens. Emoções que precisam ser trabalhadas merecem atenção. O processo de depressão masculino é mais agudo, pois ele fica mais agressivo, irritado e ansioso", finaliza.(L.A)

Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail