mais

Mudança de vida: O poder de ser o que quiser!

Psicóloga explica que cada um tem singularidade e estilo próprio. E está tudo bem com isso. Por isso o importante é seguir sua intuição, mas o autoconhecimento pode ajudar nas escolhas

Seja como for, mas seja! O recado é da psicóloga Soraya Albuquerque, que explica a necessidade das pessoas encontrarem a sua própria identidade. Para isso, o autoconhecimento é fundamental. Além de entender que não é preciso estar encaixado em um padrão para ser feliz. Afinal, as pessoas não cabem em “caixinhas”.

Laleska Rocha, profissional de relações internacionais, por exemplo, sabe bem o que é ser um ponto fora da curva. Ela fez um curso elitizado, em outra cidade e que não parecia ter área de atuação no Piauí. Hoje, ela trabalha como voluntária na Superintendência de Parcerias e Concessões do Estado do Piauí (Suparc-PI), onde pode exercer o que aprendeu na faculdade e ganhar experiência para o mercado.

Uma grande mudança de vida para seguir o sonho de cursar Relações Internacionais na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Esse foi o início da trajetória de Laleska. 

“Foi um desafio me mudar para João Pessoa, na Paraíba, ainda tão jovem. Mas no final valeu a pena. No começo foi difícil porque era um curso formado, na maioria, por gente fluente em outros idiomas e que havia feito intercâmbio. Eu era o oposto disso”, lembra.

Escolher que caminho tomar e ser feliz/reproduçãoEscolher que caminho tomar e ser feliz/reprodução

Moda com prazer

Outra que sabe bem o que é ser um ponto fora da curva é Luna Siqueira, que atualmente empreende no mundo da moda. “Eu fiz moda e comecei a estudar direito. Mas aí tive minha filha e tive que condicionar minha realidade com a dela. E isso envolve ter que trabalhar de casa, em um formato voltado para o empreendedorismo”, explica.

A vontade de estar próxima da pequena Aimê Siqueira falou mais alto que os escritórios de advocacia. “Eu transformei minha realidade com o crochê. Montei uma marca com minha mãe e agora recebemos encomendas. Esse lado empreendedor aflorou mais após a chegada da Aimê. Então pude me dedicar a ela e ao trabalho, buscando novos conhecimentos, como o marketing digital”, revela.


Estar mais perto da filha foi importante na escolha/Arquivo pessoalEstar mais perto da filha foi importante na escolha/Arquivo pessoal

Buscar autoconhecimento é importante

A psicóloga clínica Soraya Albuquerque é enfática ao dizer que é preciso buscar o autoconhecimento. Desta forma, é possível “descobrir” a si mesmo de uma forma íntima. Isso não é tarefa fácil, mas é algo que pode ser construído no cotidiano.

“Isso é saber identificar suas forças, fraquezas, buscar sempre melhorar, administrar melhor as suas emoções e saber se colocar na vida de forma confortável valorizando e respeitando o que se é. Buscar a nossa própria identidade no mundo que estamos vivendo é complexo, onde a sobrecarga de estímulos e as mensagens contraditórias são constantes e cada vez mais nos distancia de nós mesmos”, considera Soraya.

A construção social de cada um depende também das vivências. “Cada pessoa vai se construindo pouco a pouco todos os dias através dos sentimentos, percepções e representações que tem de si mesmo e do ambiente em que vive. A terapia é um bom instrumento para ajudar nesse processo”, acrescenta a profissional da saúde mental.(L.A)

Psicóloga lembra que é preciso autoconhecimento/reproduçãoPsicóloga lembra que é preciso autoconhecimento/reprodução


Mudança no estilo de vida

Um estilo de vida saudável promove saúde física e também bem estar mental e emocional. “Mudanças de estilo de vida terapêuticas podem ser tão eficazes quanto psicoterapia e medicações no controle de distúrbios mentais, na preservação e melhoria do processo cognitivo e para cultivar bem estar pessoal e social”, recomenda a psicóloga Soraya Albuquerque.

No entanto, é importante ressaltar que ninguém é igual a ninguém e que está tudo bem com isso. “Mesmo diante da pluralidade humana, cada um tem a sua singularidade, o seu estilo. Através do conhecimento de si mesma, é necessário cada pessoa encontrar o seu. Viver de forma desconectada de si, pode trazer grandes danos à saúde mental, ocasionando adoecimento, podendo levar a depressão”, finaliza.(L.A)


Laleska foi atrás de qualificação em área difícil/Arquivo pessoalLaleska foi atrás de qualificação em área difícil/Arquivo pessoal



Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail