Há exatos 68 anos morria, em 07 de Junho de 1954, Alan Mathison Turing (1912-1954), conhecido como Alan Turing, omais revolucionário matemático, biólogo e criptógrafo de todos os tempos, considerado atualmente o “pai da computação” e também como “pai da inteligência artificial”, conquistas que só foram possíveis, pelos estudos e suas ideias que desnvolveu para se chegar ao que chamamos hoje de computador.

Alan Turing é considerado o pai da computaçãoAlan Turing é considerado o pai da computação

Turing também ficou muito conhecido como um dos responsáveis por decifrar o código utilizado pelas comunicações nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. É também conhecido como o “pai da inteligência artificial”. Ao morrer, Turing tinha apenas 42 anos de idade, vivia muito doente e a causa de sua morte foi apontada como sendo a ingestão de uma forte dose de cianureto.

Ele foi o responsável por descobrir o local exato onde as tropas nazistas estariam em 6 de junho de 1944, que culminou no desembarque de 155 mil soldados aliados na Normandia, fato que entrou para a história como Dia D, com a vitória dos aliados.

Tendo se assumido gay, em 1952, Alan Turing enfrentou um processo criminal, pois na época, na Inglaterra, o homossexualidade era considerado crime. Foi destituído de seu posto no Bletchley Park, o centro inglês de descodificação, condenado e castrado quimicamente (com injeções de hormônios femininos). Somente no ano de 2013, 59 anos após sua morte, é que o governo britânico produziu um decreto inocentando esse gênio tão perseguido em seu país de origem.

Com seu prestígio relegado, Alan Turing morreu aos 42 anos por intoxicação de cianeto. A princípio acreditou-se que teria sido suicídio, mas estudiosos concluíram que o envenenamento se deveu a remédios que ele compulsivamente tomava.

Alan foi um grande cientista Alan foi um grande cientista 

Seu legado não se limita aí. Hoje ele dá nome a uma lei inglesa, criou o teste usado para testar a qualidade da inteligência artificial e até já foi tema de uma versão comemorativa do jogo Monopoly.

Sobre ele já foram produzidos diversos documentários e filmes. O principal deles é o filme intitulado “O Jogo da Imitação”, produdizo em 2014, que conta a história, de maneira comovente, de um matemático de 27 anos estritamente lógico e focado no trabalho, que tem problemas de relacionamento com praticamente todos a sua volta. Não demora muito para que Turing, apesar de sua intransigência, lidere a equipe. Seu grande projeto é construir uma máquina que permita analisar todas as possibilidades de codificação do Enigma em apenas 18 horas, de forma que os ingleses conheçam as ordens enviadas antes que elas sejam executadas. Entretanto, para que o projeto dê certo, Turing terá que aprender a trabalhar em equipe e tem Joan Clarke (Keira Knightley) sua grande incentivadora.