Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Memória

Avião cai na Grécia, mata 121 e tem erro humano como causa da tragédia

Um avião Boeing 737-300, da companhia cipriota Helios Airways, chocou-se com uma colina perto de Atenas, na Grécia, causando a morte de 121 passageiros e seus tripulantes. O grave acidente aconteceu no dia 14 de Agosto de 2005. 

A maioria das vítimas era do Chipre. O voo partiu de Larnaca, um importante centro turístico e porto comercial do Chipre, e se dirigia para Praga, na República Tcheca, transformando-se no maior acidente aéreo cipriota em todos os tempos.

O avião foi conduzido no piloto automático por quase duas horas antes de ficar sem combustível e bater contra uma colina. Por problemas de falta de oxigênio, tanto os pilotos, assim como os passageiros, tinham perdido a consciência em pleno voo.

O avião não tinha oxigênio quando ganhou altitude, o que deixou pilotos e passageiros inconscientes. Dois caças da Força foram enviados para fazer o monitoramento da aeronave já que ela desaparecera dos painéis de controle do aeroporto de Atenas e nenhum contato era possível ser feito.

Os oficiais a bordo dos caças relataram que A 10.350 metros de altitude que nem o piloto nem o co-piloto estavam conscientes e nenhum dos dois podia ser visto no painel de controle do avião. Apenas um comissário de bordo lutava para controlar o avião antes da queda.

O relatório da investigação afirmou que os pilotos, antes da decolagem, não leram corretamente os instrumentos que regulavam a pressão da cabine e interpretaram de modo incorreto um sinal de aviso e apontaram que autoridades de manutenção no solo também foram culpadas por deixar os controles de pressão em uma configuração incorreta.

Os fabricantes da Boeing por sua vez tomaram medidas ineficazes em resposta aos incidentes de pressurização anteriores registrados neste tipo particular de aeronave, segundo o relatório.

O relatório final concluiu que o acidente com esse Boeing 737-300, que deixou 121 pessoas mortas, teve como origem erro humano.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×