Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Avião com 71 a bordo cai e deixa 49 mortos em aeroporto do Nepal

Há exatos dois anos, no dia 12 de março de 2018, um avião de passageiros caiu enquanto aterrissava no aeroporto de Katmandu, capital do Nepal. A aeronave da companhia aérea bengalesa US-Bangla transportava 71 pessoas, sendo 67 passageiros e quatro tripulantes. No acidente, 49 pessoas morreram e 22 ficaram feridos e foram atendidos em três hospitais de Katmandu. 

Foto: Niranjan Shreshta/ AP

Não havia brasileiros entre os passageiros do voo que tinha saído de Dacca (capital de Bangladesh). Um porta-voz da aeronave da companhia aérea US-Bangla afirmou à Associated Press que 32 dos passageiros eram de Bangladesh, 33 do Nepal, um da China e um das Maldivas. A nacionalidade da tripulação não foi divulgada.
Basanta Bohora, funcionário da empresa de turismo Raswita International Travels and Tours, é um dos sobreviventes. Ele diz que havia 16 nepaleses que trabalhavam em diversas companhias do setor a bordo, retornando de um treinamento em Bangladesh.

Ele afirma não se lembrar do momento do acidente, apenas que foi levado a um hospital e depois transferido para outro. “Tive ferimentos na cabeça e nas pernas, mas tenho sorte por ter sobrevivido à provação”, disse ao jornal “Kathmandu Post”.

Aashish Ranjit, outro sobrevivente, também relatou uma forte turbulência e um barulho muito alto. Ele perdeu a consciência e, ao despertar, viu fogo na cabine.

Foto: Navesh ChitrakarCausas do acidente

A BBC afirma que o avião, Bombardier Q400, caiu do lado leste da pista do aeroporto Tribhuvan e que a aeronave pousaria às 14h20 no horário local (5h30, em Brasília), citando informações do site de monitoramento aéreo FlightRadar24.

As causas do acidente ainda são investigadas e ainda não está claro, segundo a Reuters, se o piloto acionou o sinal de socorro.

O gerente-geral do aeroporto, Raj Kumar Chettri, afirmou à Reuters que momentos depois de o avião conseguir autorização para pousar, o piloto comunicou à torre de comando que queria se dirigir à posição nordeste. Questionado se havia algum problema, ele negou.

O avião foi visto dando duas voltas na direção nordeste e o piloto foi novamente interrogado pela torre de comando. Mas ele voltou a negar qualquer problema.

torre de comando, então, comunicou ao piloto que o alinhamento da aeronave estava incorreto. Chettri afirmou que o avião tocou a barreira que cerca o aeroporto, tocou no solo e pegou fogo.

Foto: Niranjan Shreshta/ AP


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar