mais

Avião militar faz voo irregular, sofre acidente e 15 pessoas morrem

Esse Boeing voou pela primeira vez em 19 de novembro de 1976 e foi entregue naquele mês à Força Aérea Imperial Iraniana.

Um avião Boeing 707, operado pela Saha Airlines, que fazia um voo de carga na base aérea de Tath, próximo de Karaj, província de Alborz, no Irã, causou um grande e estranho acidente em que morreram 15 dos seis 16 ocupantes e mais 9 pessoas em terra. A tragédia aconteceu em 14 de Janeiro de 2019. A aeronave envolvida era de propriedade da Força Aérea da República Islâmica Irã e havia sido alugada, de forma ilegal, para a Saha Airlines.

A aeronave tinha 42 anos na época. Esse Boeing voou pela primeira vez em 19 de novembro de 1976 e foi entregue naquele mês à Força Aérea Imperial Iraniana como 5-8312. Ele foi transferido para a Saha Airlines em 27 de fevereiro de 2000 e foi registrado novamente como EP-SHK.

Foi substancialmente danificado por uma falha de motor não contida em 3 de agosto de 2009, durante um voo do Aeroporto Internacional de Ahvaz para o Aeroporto Internacional de Mehrabad, Teerã. Um pouso de emergência foi feito em Ahvaz; a aeronave foi posteriormente reparada. Foi devolvido ao IRIAF em dezembro de 2015 e devolvido à Saha Airlines em maio de 2016, com registo EP-CPP.

Aeronave havia sido alugada de forma ilegal - Foto: ReproduçãoAeronave havia sido alugada de forma ilegal - Foto: Reprodução

A aeronave estava em um voo internacional de carga transportando carne do Aeroporto Internacional de Manas em Bishkek, Quirguistão, para o Aeroporto Internacional de Payam em Karaj, no Irã, mas a tripulação de voo realmente pousou na Base Aérea de Fath.

A tripulação provavelmente confundiu a pista da Base Aérea Fath com a pista muito mais longa do Aeroporto Internacional de Payam, já que as duas pistas estão a apenas alguns quilômetros uma da outra e em um alinhamento quase idêntico.

Tripulação provavelmente confundiu as pistas de pouso - Foto: EMS News PhotoTripulação provavelmente confundiu as pistas de pouso - Foto: EMS News Photo

Um 707 geralmente requer um comprimento de pista de mais de 2.500 m (8.200 pés), mas a pista na Base Aérea de Fath tem apenas 1.300 metros (4.300 pés). Condições climáticas ruins também foram relatadas.

A aeronave ultrapassou a pista, bateu em uma parede e parou após colidir com uma casa no bairro de Farrokhabad, condado de Fardis, na província de Alborz. As casas envolvidas estavam vazias no momento do acidente e ninguém no solo ficou ferido.

Aeronave ultrapassou a pista e parou após colidir em uma residência - Foto: ReproduçãoAeronave ultrapassou a pista e parou após colidir em uma residência - Foto: Reprodução

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail