mais

Condenação de terroristas traz à memória série de atentados nos EUA

Os Estados Unidos são um alvo preferencial para grandes atentos, que já fizeram dezenas de vítimas fatais.

Em 24 de Maio de 1994, quatro islamitas foram condenados nos Estados Unidos, acusados de terem comandado o atentado contra uma das torres do World Trade Center, em Nova York, que deixou seis pessoas mortas. Os terroristas usaram um carro-bomba e o fizeram explodir no estacionamento do subsolo do importante prédio, um verdadeiro símbolo da cidade americana. Eles pegaram uma pena que totalizou 240 anos.

O ataque foi atribuído a um movimento egípcio liderado pelo clérigo muçulmano cego Omar Abdel Rahman, que foi condenado à prisão perpétua em 1996 por um tribunal americano.

Clérigo mulçumano cego Omar Abdel Rahman - Foto: AFP/ArquivosClérigo mulçumano cego Omar Abdel Rahman - Foto: AFP/Arquivos

Os Estados Unidos são um alvo preferencial para grandes atentos, que já fizeram dezenas de vítimas fatais. O mesmo conjunto de prédios, o World Trade Center, as conhecidas Torres Gêmeas, voltou a ser alvo de outro grande atentado, em 11 de Setembro de 2001, quando terroristas lançaram dois aviões sobre as torres, numa das maiores tragédias urbanas da humanidade, que deixaram quase três mil pessoas mortas (2.996 mortos, incluindo 19 terroristas.)

Veja aqui uma lista dos principais ataques ocorridos nos Estados Unidos:

16 de setembro de 1920: uma bomba explode na área de Wall Street, deixando 40 mortos e centenas de feridos. A polícia identifica os responsáveis pelo atentado como "anarquistas".

24 de agosto de 1970: Um pesquisador da Universidade de Wisconsin-Madison morre em uma explosão atribuída a militantes pacifistas.

24 de janeiro de 1975: Uma explosão em uma taberna de Nova York deixa quatro mortos. O ataque é um dos 49 atribuídos ao grupo nacionalista de Porto Rico FLAN entre 1974 e 1977.

29 de dezembro de 1975: A explosão de uma bomba no saguão do aeroporto La Guardia, de Nova York, deixa 11 mortos e 75 feridos.

16 de maio de 1981: Uma pessoa morre em uma explosão no banheiro masculino do terminal da Pan American, no aeroporto JFK de Nova York. Um grupo autodenominado Resistência Armada de Porto Rico reivindica o ataque.

26 de fevereiro de 1993: Um carro-bomba explode no estacionamento no subsolo de uma das torres do World Trade Center de Nova York, com um saldo de seis mortos e cerca de 1.000 feridos. Em maio de 1994, quatro islamitas foram condenados a um total de 240 anos de prisão. O ataque foi atribuído a um movimento egípcio liderado pelo clérigo muçulmano cego Omar Abdel Rahman, que foi condenado à prisão perpétua em 1996 por um tribunal americano.


19 de abril de 1995: 168 mortos e mais de 500 feridos no atentado de Oklahoma City, pelo qual Timothy McVeigh, um veterano da Guerra do Golfo e simpatizante da milícia americana, foi condenado à morte em 1997 por detonar um carro-bomba em frente ao edifício federal Alfred P. Murrah. A execução ocorreu no dia 11 de junho de 2001.


9 de outubro de 1995: Um trem de Miami a Los Angeles descarrila no deserto do Arizona, com saldo de um morto e 80 feridos, em um ataque reivindicado por sabotadores que se autointitularam 'Filhos da Gestapo'. Os investigadores dizem que o incidente poderia estar vinculado ao ataque contra o rancho da seita dos Davidianos em Waco, Texas, que deixou 76 mortos.

27 de julho de 1996: O atentado contra o Centennial Olympic Park de Atlanta durante os Jogos Olímpicos de verão deixa dois mortos e 112 feridos.


11 de setembro de 2001: Membros da rede Al-Qaeda lançaram dois aviões contra as torres gêmeas do World Trade Center de Nova York, provocando seu colapso. Um terceiro avião comercial colidiu contra o Pentágono e uma quarta aeronave sequestrada caiu na Pensilvânia. Quase 3 mil pessoas morreram nos ataques, os mais mortíferos já ocorridos em território americano.

Quase três mil pessoas morreram nos ataques - Foto: Spencer Platt/ Getty Images/AFPQuase três mil pessoas morreram nos ataques - Foto: Spencer Platt/ Getty Images/AFP

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail