mais

Dia de lembrar, com tristeza, a surra de 7x1 que o Brasil levou da Alemanha

Hoje decorrem 7 anos desse triste marco, que ficará negativamente marcado para sempre na memória do torcedor brasileiro

O dia 8 de julho de 2014 tornou-se inesquecível para os brasileiros, pois foi na noite desse dia que a Seleção Brasileira de Futebol, dirigida pelo técnico Luís Felipe Scolari, jogando no estádio Mineirão, pela semi-final da Copa do Mundo, levou a tremenda goleada de 7X1 para a seleção da Alemanha.

Hoje decorrem 7 anos desse triste marco, que ficará negativamente marcado para sempre na memória do torcedor brasileiro. O Brasil era apontado como favorito para mais uma vez ser campeão mundial, o que tornou esse massacre ainda mais doloroso, pois ninguém poderia imaginar que a seleção brasileira, jogando em casa, chegasse a um desastre desse porte.

Essa mesma Seleção Brasileira, com jogadores consagrados como Neymar, havia conquistado a Copa das Confederações no Maracanã, com direito a vitórias sobre Itália e Uruguai durante a competição e um triunfo por 3 a 0 sobre a Espanha. O time era dirigido por Scolari, um treinador respeitado e vitorioso, que havia levado o Brasil a conquistar o pentacampeonato mundial, na Copa de 2002, disputada na Coréia do Sul.

Jogadores da Alemanha comemoram gol de Khedira, enquanto brasileiros lamentam - Foto: ReutersJogadores da Alemanha comemoram gol de Khedira, enquanto brasileiros lamentam - Foto: Reuters

No primeiro jogo da Copa de 2014, o Brasil saiu atrás no placar com um gol contra de Marcelo, mas conseguiu a virada e derrotou a Croácia por 3 a 1 na Arena Corinthians. No duelo seguinte, o goleiro Ochoa fez uma grande atuação, executando pelo menos três grandes defesas, e impediu que Seleção Canarinho saísse do 0 a 0 com o México no Castelão. Na última partida da fase de grupos, Neymar comandou a vitória por 4 a 1 diante de Camarões no Mané Garrincha, garantindo vaga para próxima fase.

Nas oitavas de final, o maior susto para Felipão até então. Depois do 1 a 1 suado no tempo normal, o Brasil foi para a prorrogação com o Chile e só não foi eliminado porque o chute do atacante Mauricio Pinilla, já nos minutos finais do embate, parou no travessão. Nos pênaltis, a Seleção Brasileira venceu por 3 a 2 e saiu do Mineirão classificada.

Nas quartas de final, o Brasil fez sua melhor partida no torneio e derrotou a Colômbia por 2 a 1, com direito a um lindo gol de falta do zagueiro David Luiz. Apesar da vitória, o torcedor deixou o Castelão preocupado com a lesão de Neymar, que fraturou a terceira vértebra lombar após uma entrada violenta de Zuñiga, ficando fora do restante da Copa do Mundo.

Essa humilhante derrota brasileira ainda hoje é lembrada por muitos com lágrimas e uma ponta de revolta e indignação. Muitas sustentam a teoria de que a Seleção foi comprada.

Os dois times jogaram com essa formação:

Brasil, Julio César; Maicon, David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho (Paulinho), Bernard, Oscar e Hulk (Ramires); Fred (Willian). Técnico: Felipão.

Alemanha, Neuer; Lahm, Boateng, Hummels (Mertesacker) e Höwedes; Schweinsteiger, Khedira (Draxler), Kroos, Özil e Müller; Klose (Schürrle). Técnico: Joachim Löw.

Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail