Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Hitler e Eva Braun casam-se e se matam no dia seguinte

Terminada a Segunda Grande Guerra, em 1945, e tendo sido derrotado pelas forças aliadas, o ditador alemão Adolf Hitler havia se refugiado com sua amante, Eva Braun, no seu “Führerbunker” (que em português significa “abrigo do líder”), um complexo subterrâneo de salas em Berlin, onde o sanguinário chefe do Nazismo passou, escondido, os últimos dias de sua vida.

O “bunker” localizava-se a nordeste da Chancelaria do Reich, a cinco metros de profundidade e protegido por mais quatro metros de concreto armado. Cerca de trinta salas espalharam-se por dois pisos e havia saídas na construção principal e uma saída de emergência para os jardins. Fora equipado com sistema de ventilação protegido contra gases venenosos, geradores a diesel e portas de aço.

Foi nessa fortaleza que em um dia 29 de Abril como hoje, em 1945, que Hitler, sabendo que sua máquina de guerra estava destroçada e que os russos haviam lhe encurralado no seu esconderijo,  casa-se com a até então amante Eva Braun, para viverem como marido e mulher por apenas um dia, pois no dia seguinte, 30 de Abril, ele e Eva decidem por fim às suas próprias vidas, marcando, assim, um dos mais notáveis suicídios da história.

Com o fim da guerra e a morte de Hitler, a Chancelaria foi demolida pelos soviéticos e hoje o bunker encontra-se recoberto por um restaurante e um supermercado, enquanto que a saída para os jardins jaz sob um estacionamento. O bunker também pode ser visto no filme "A Queda! As Últimas Horas de Hitler

Nos dias anteriores ao suicídio, uma verdadeira caçada ao ditador nazista havia se travado nas ruas de Berlim. Os soviéticos estavam na cidade remexendo todos os escombros e todos os edifícios para encontrar o Führer (o líder nazista). As tropas soviéticas já se localizavam a 800 metros do QG de Hitler na capital do Reich, com a cidade cercada por homens, tanques, canhões e aviões.

Ao fim do confronto entre as três potências do Eixo e os Aliados, liderados por Estados Unidos, União Soviética e Inglaterra, mais de 50 milhões de pessoas haviam sido mortas, boa parte exterminadas em campos de concentração da Alemanha.

Quando as tropas russas estavam a apenas 30 metros da Chancelaria do Reich, a sede do governo alemão, por volta das 15h30m do dia 30 de abril Hitler se matou. O Führer, que acabara de completar 56 anos (nascera em 20 de abril de 1889) e Eva, de 33, haviam se casado na noite anterior. Eles se retiraram para a suíte de Hitler no imenso abrigo sob os jardins do prédio da Chancelaria e se mataram. O líder nazista ainda ditou um testamento político, no qual, sem qualquer crise de consciência pela morte de 6 milhões de judeus, além de milhares de ciganos, homossexuais e adversários políticos, responsabilizava "os agentes do judaísmo internacional" pela guerra.

No mesmo documento, nomeava chanceler o ministro da Propaganda, Joseph Goebbels, e o almirante Karl Dönitz como chefe de Estado. Goebbels seguiu o chefe e, no dia seguinte, matou os seis filhos e se suicidou, junto com a mulher. No dia 8 de maio de 1945, finalmente a Alemanha capitulava, marcando o desfecho da guerra na Europa.

Um dia antes de Hitler se casar com Eva Braun e dois dias antes do duplo suicídio, o maior parceiro de Hitler, nas suas atrocidades durante a guerra, o ditador italiano Benito Mussolini, foi executado , em 28 de Abril, junto com sua mulher.




Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar