Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Memória

Morto na guerra, Exupéry segue encantando com seu 'Pequeno Príncipe'

Há 75 anos, em 31 de julho de 1944, em pleno terror da Segunda Guerra Mundial, morre Antoine de Saint-Exupéry, que era piloto da Força Aérea da França, abatido por um caça alemão. O cativante escritor de “O Pequeno Príncipe”, que voltara à aviação estatal em 1943, depois de um tempo afastado, encontrava-se, no momento da morte, numa missão de reconhecimento no norte da África. Somente em 2004, é que foram encontrados os destroços do avião que ele pilotava, a poucos quilômetros da costa de Marselha, na França.

Além de piloto da aviação, jornalista e escritor, Antoine de Saint-Exupéry era um extraordinário ilustrador. Isso se vê com bastante intensidade e beleza no seu livro principal, "O Pequeno Príncipe", escrito em 1943, uma fábula infantil para adultos, cuja obra é rica em simbolismo, com personagens como a serpente, a rosa, o adulto solitário e a raposa. O personagem principal do livro vivia sozinho num planeta pequeno, onde existiam três vulcões, dois ativos e um já extinto. Outro personagem representativo é a rosa, cujo orgulho, levou o pequeno príncipe a uma viagem pela terra. Na viagem, encontrou outros personagens que o levaram ao desvendamento do sentido da vida. A obra foi traduzida no mundo inteiro.

“O Pequeno Príncipe”, clássico da literatura universal, é um livro encantador. Milhares e milhares de jovens, sobretudo, já o leram e muitos continuam lendo. É uma obra que permanece fascinando crianças e adolescentes, pela beleza da história e seus personagens, pelas doces e edificantes frases e pelas ricas ilustrações. Frases como "Só se vê bem com o coração”, “O essencial é invisível para os olhos" e "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas", são até hoje compartilhadas por jovens enamorados, demonstrando a imortalidade da obra de Exupéry.

Antoine-Marie-Roger de Saint-Exupéry nasceu em Lyon, França, no dia 29 de junho de 1900. Era o terceiro filho do conde Saint-Exupéry e da condessa Marie Fascolombe, família aristocrática empobrecida. Estudou no colégio jesuíta Notre Dame de Saint Croix e no colégio dos Marianistas, em Friburgo, na Suíça.

Em 1921 ingressou no serviço militar, no Regimento de Aviação de Estrasburgo, após ter sido reprovado para a Escola Naval. Tornou-se piloto civil e subtenente da reserva. Em 1926 foi admitido na Aéropostale, onde começou sua carreira de piloto de linha, voando entre Toulouse, Casablanca e Dacar. Nessa época, publicou seu primeiro livro, “O Aviador” , em 1926.

Ajudou a implantar rotas de correio aéreo na África, América do Sul e Atlântico Sul, além de ter sido pioneiro nos voos Paris - Saigon e Nova Iorque - Terra do Fogo. Nessa época, publicou ”Correio do Sul” (1929).

Na década de 30, Exupéry trabalhou como piloto de provas para a Air-France e repórter do Paris- Soir. Em 1931, publicou “Voo Noturno”, onde exaltou os primeiros pilotos comerciais que enfrentavam a morte no cumprimento do dever. Registrou suas próprias aventuras em “Terra dos Homens”, publicado em 1939.

Com a invasão dos nazistas na França, Exupéry fugiu para os Estados Unidos. Nesse período, escreveu “Carta a Um Refém” (1943) e incentivado por editores americanos, que viram sua habilidade como desenhista amador, a fazer uma obra par crianças. Até ali, seus livros falavam de sua paixão profissional: a aviação.

Em 1943, Antoine de Saint-Exupéry voltou para a força aérea no norte da África e tal como o Pequeno Príncipe no final do livro, Saint-Exupéry parece ter apenas desaparecido da terra, morreu em um acidente de avião, durante uma missão de reconhecimento, no dia 31 de julho de 1944, abatido por um caça alemão. Seu corpo nunca foi encontrado.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×