Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Bolsa perde R$ 1,039 trilhão em valor de mercado neste ano

Juntas, as empresas listadas na B3 perderam hoje (11) R$ 249 bilhões em valor de mercado — é praticamente tudo o que vale o Itaú Unibanco (ITUB4). As informações são do Infomoney.

Segundo a Economatica, agora, depois da queda de quase 8% registrada pelo Ibovespa no pregão de hoje, a Bolsa brasileira acumula perda de R$ 1,039 trilhão em valor de mercado neste ano. Quem mais perdeu valor de mercado hoje foi novamente a Petrobras (PETR4 ; PETR3). A estatal terminou o dia valendo R$ 24,4 bilhões menos do que ontem.

A Vale (VALE3) veio logo em seguida, com uma perda de R$ 20,9 bilhões. Já o Itaú, maior banco privado do país, completou o pódio, com R$ 17,8 bilhões a menos em seu valor de mercado. No acumulado de 2020, as três empresas que mais perderam valor de mercado, segundo a Economatica, são a Petrobras (menos R$ 196,6 bilhões), o Bradesco (menos R$ 93,5 bilhões) e o Itaú (menos R$ 85,6 bilhões).

A derrocada das ações na B3 acompanha o cenário de forte aversão ao risco internacional diante da escalada do coronavírus no mundo — e seu efeito negativo sobre a economia global.

Hoje, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou oficialmente uma pandemia de coronavírus, o que levou os mercados mundiais a novas quedas. O número de infectados no mundo já passa de 124 mil pessoas.

No caso da Petrobras, tem ainda um agravante: os preços dos barris de petróleo seguem em queda livre por causa da queda de braço entre Rússia e Arábia Saudita sobre o preço e o volume de produção da commodity.

Com a forte perda de valor de mercado da Petrobras, ela deixou de ser a maior empresa da América Latina, indo para a terceira colocação no ranking, segundo a Economatica. Quem passou a liderar o pódio foi o Itaú Unibanco, com um valor de mercado total de R$ 250,7 bilhões depois do fechamento do pregão de hoje. O segundo lugar fica com a Ambev, com R$ 216,3 bilhões.

As bolsas globais aprofundam suas quedas hoje após o presidente americano Donald Trump afirmar, na noite de ontem (11), que suspenderá todas as viagens da Europa, com exceção do Reino Unido, para os Estados Unidos pelos próximos 30 dias.

As bolsas da Ásia fecharam em queda de mais de 3% e as bolsas europeias afundam mais de 5%. As bolsas dos EUA tombam mais de 6%. No Brasil, o Ibovespa enfrentou seu 3º circuit breaker da semana ao cair 11,65%, aos 75.247,25 pontos, às 10h21.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar