Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Mulheres do Solidariedade: Fernanda, Karine Barros e Samanta Dourado

Por Sávia BarretoMuitos partidos tiveram dificuldades em conseguir formar a chapa proporcional para disputar a eleição em Teresina. Se, por um lado, surgem denúncias de mulheres que constam nas chapas sem efetivamente competir, por outro, partidos como o Solidariedade, PT, PSDB e Progressistas, entre outros, têm se destacado pelas candidaturas femininas competitivas. A coluna vai trazer até o final da eleição alguns desses nomes de diversos partidos de mulheres que disputam de igual para igual o poder político na capital.

No Solidariedade, Fernanda Gomes, Karine Barros e Samanta Dourado são três dos nomes femininos que se sobressaem, de acordo com análise de bastidores a respeito de campanha na rua e estrutura política com agenda através de lideranças e comunidades.

Fernanda Gomes

A advogada Fernanda Gomes tem 22 anos de idade, é filha do deputado estadual Evaldo Gomes e desponta nas avaliações de bastidores como favorita para ser eleita entre os mais votados. Desde cedo, Fernanda acompanhou os passos políticos do pai, de onde surgiu o interesse político de lutar contra injustiças sociais. Fernanda tem defendido o uso da tecnologia na saúde, com aplicativos que facilitem a marcação de consultas online, evitando filas. Ela também defende entre suas propostas a criação de um fundo municipal de políticas para mulheres.

Karine Barros

Filha do jurista e ex-deputado Celso Barros Coelho e esposa do delegado Ademar Canabrava, a advogada Karine Barros é um dos nomes que se destaca no Solidariedade. Cristã, ela pontua a vontade de contribuir de forma escalonada para a vida das pessoas, reforçando também o papel da autorresponsabilidade. Entre suas pautas estão o foco nas conciliações para diminuir os divórcios e investimento em educação emocional e financeira para jovens e mulheres. "Poder público, privado e indivíduo devem fazer uma aliança. Juntos, podemos construir uma sociedade mais justa", acredita Karine.

Samanta Dourado

Já a empreendedora Samanta Dourado, pontua que sua causa é a luta pelos menos favorecidos. No início da quarentena, Samanta juntou voluntários para distribuir máscaras e álcool em gel para moradores de rua na capital. “Tudo isso me encorajou, depois de vivências duras e injustas”, frisa Samanta, que já fez alerta contra compra de votos: “Não se deixem levar por aquele político que paga sua conta de luz e que lhe oferece dinheiro em troca de voto. Corrupção é um mal a ser combatido no Brasil”, pontua Dourado.



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar