Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Blog Primeira Mão

Oposição barra projetos e Edson Melo acusa “politização eleitoral”

Por Sávia Barreto 

Aprovados em primeira votação mas com pedidos de vista da oposição na segunda votação, o projeto da Parceria Público Privada (PPP) da coleta e transporte do lixo domiciliar e a concessão do Sistema Inthegra serão alvo de debate nos próximos dias na Câmara Municipal de Teresina. “Não me convenci de que a licitação para cuidar dos terminais seja a melhor saída”, disse ao blog Primeira Mão o presidente da Casa, vereador Jeová Alencar, que pediu vistas. Ele argumenta que já existem empresas  de terceirizados na Prefeitura que podem cuidar da função delegada na concessão. Jeová cobra “transparência”: “A empresa que vai cuidar dos terminais será paga com dinheiro público, ou seja, o usuário vai pagar. Não existe almoço grátis na administração pública”. 

A mensagem do prefeito solicitando autorização para um empréstimo de R$ 30 milhões na área da segurança pública que foi enviada na semana passada, não tem previsão de ser lida. Jeová Alencar destaca que antes quer chamar o secretário de Assistência Social, Samuel Silveira, para prestar esclarecimentos. “Precisamos dos dados para colocar em pauta. Saber realmente o custo e se já foi implementado em outros lugares, com resultado”. Mesmo com maioria na Câmara Municipal, a PMT tem encontrado resistências ao encaminhamento de projetos no Legislativo.

Edson Melo defende 

Para o presidente municipal do PSDB em Teresina, vereador Edson Melo, a oposição está politizando temas administrativos para transformá-los em viés eleitorais. “Infelizmente está havendo politização em todas as ações da Prefeitura e isso não é bom para cidade”, afirmou ao blog.

Ele argumenta que a concessão para explorar os terminais é positiva para o usuário: “Só tem a ganhar”, disse Melo. Na avaliação do vereador, a oposição deturpa o projeto: “Esse projeto não influi nem contribui com a operação do sistema, que será comandada pela Strans, que terá lá dentro seus fiscais”, pontuou. 

Segundo Edson, o único objetivo da PMT é diminuir custos: “E isso acontecerá com a concessão para empresas explorarem o espaço e fazerem a limpeza desses terminais”. O vereador afirma que há politização também a respeito da faixa exclusiva no bairro Dirceu e demais vias da capital: “Essas faixas já existem há muito tempo... só porque se aproxima as eleições, esse tipo de discussão vem à tona”.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×