Prefeito disse que oposição esta sendo 'inoportuna e equivocada'

Prefeito disse que oposição esta sendo 'inoportuna e equivocada'


O prefeito de Campo Maior Professor Ribinha se pronunciou mais uma vez sobre o Mandado de Segurança que suspendeu o decreto que atendia a liminar do então juiz da 2ª Vara Criminal, Leandro Emídio, determinando o afastamento dos servidores com estabilidade. Ribinha disse que oposição está fazendo ‘uso político inoportuno e equivocado' com o caso dos servidores. 

Ribinha, que na tarde dessa segunda-feira, 13, se reuniu com servidores e o Sindicato da categoria, disse que não é interessante fazer uso político da situação dos servidores. “É inoportuno. Sabemos quem defende dos servidores, quem realmente respeita servidor. O grupo que hoje faz política com o Mandado de Segurança é o mesmo que há anos atrás entrou com processo para demitir professores concursados pelo Carboreto”, reage Ribinha. 

O prefeito disse que é um defensor dos servidores e lembra que, na época de secretário de Educação, criou as melhores condições de trabalho para os professores e efetivou 500 servidores. “O que que tiver que fazer pelos servidores com estabilidade eu farei. O que for necessário fazer para eles continuarem no emprego, estarei fazendo”, ressalta Ribinha.

Ribinha reage e lembra que o mandado de segurança não teve resultados práticos e que só a suspensão do decreto não resolveu a situação dos servidores.  “O que vai resolver é a revogação da liminar, que estamos tentando junto ao Tribunal de Justiça”, revela o prefeito, que também informa que até quinta-feira, 16, o TJ se pronuncia.

logomarca do portal meionorte..com