Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Concurseiros iniciam 2013 a todo vapor em busca de estabilidade

Aproveitar o início de um ano para começar a estudar para concursos é uma boa, já que muitos são abertos nesta época.

Compartilhe

No fim de um ano e começo do outro é tempo de fazer promessas. Neste período, geralmente as pessoas costumam afirmar: este ano vai dar certo. Quem pensa assim são os concurseiros de plantão, que, muitas vezes, largam tudo para focar nos estudos e conseguir estabilidade e boa remuneração através da conquista de uma vaga em concursos.

Aproveitar o início de um ano para começar a estudar para concursos é uma boa, já que muitos são abertos nesta época. Em 2013, segundo o professor e coordenador de um preparatório em Teresina, Márcio Lima, fazem parte da lista dos concursos mais procurados o do Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Correios, INSS e os concursos para área policial.


Concurseiros iniciam 2013 a todo vapor em busca de estabilidade

O grande número de vagas e os salários são os principais atrativos dos mesmos. ?Recebemos cerca de 100 ligações por dia, no preparatório. As pessoas estão cada vez mais focadas nos seus objetivos e por isso a procura nos preparatórios tem crescido consideravelmente?, ressalta o professor.

Quem entrou o ano visando conseguir uma vaga em um concurso foi Tamara Priscilla da Silva. Formada em Letras e já concursada da Prefeitura, Tamara afirma que essa é a hora de melhorar e subir alguns degraus na carreira.

?Como resolvi começar agora, vou iniciar pelo nível mais baixo (concorrendo a uma vaga de nível médio) e com um tempo pretendo me especializar para conseguir ?cargos mais altos?, comenta a professora ao ressaltar que já se matriculou em um cursinho.

Para o professor Márcio, os concursos de grande porte demandam um tempo de preparação variável. Toda preparação depende de quanto tempo o candidato terá para sua dedicação. Normalmente, pessoas que trabalham e estudam, duram de 1 a 2 anos estudando. Caso tenha muito tempo livre durante o dia, poderá diminuir de 6 meses até 1 ano.

?O correto seria sempre o candidato estudar antecipado. Escolher o foco, montar seu quadro de horários e preparar sua estratégia. Estudar para concursos é um planejamento de médio a longo prazo, não combina com imediatismo?, explica o professor, ao frisar que os concurseiros não podem confundir quantidade de horas com qualidade de estudo.

?Estudar uma quantidade máxima de horas sem perder a qualidade de vida. Isso deve ser seguido. Alguns aprovados do último concurso que preparamos, estudavam em média 4 a 7 horas por dia. Mas é sempre bom lembrar que a qualidade é bem mais importante que a quantidade. Não adianta ficar 8 horas sem ter aproveitamento de 2 horas. Estudar sério para concursos públicos é também ser honesto e realista quanto ao tempo que se terá diariamente para estudar?, recomenda Márcio Lima.

Dedicação é para conseguir estabilidade

Desde 2010, a concurseira ?profissional?, Daniele Sousa, largou emprego para se dedicar totalmente aos estudos e conseguir a tão desejada vaga em um bom concurso. De lá para cá, Daniele já conquistou várias aprovações, mas ainda não chegou a que realmente deseja (uma vaga de administradora). Por isso, continua seguindo a rotina árdua de estudos.

?No começo foi difícil, mas depois fui pegando o ritmo. Agora sigo o ritmo de concurseiro profissional. Estudo 4h pela manhã e 4h à tarde e à noite vou para o curso preparatório?, conta Daniele, ao comentar que começou pelos concursos de níveis médios e depois foi crescendo.

?Atualmente, estou focada no concurso do HU, pela estabilidade que terei, pela boa remuneração e outras vantagens. Estou me preparando há tempos e estou ciente da minha grande chance?, acrescenta.

Para quem, assim como Daniele, está focado na aprovação em um concurso, o coordenador Márcio Lima afirma que o correto seria fazer o planejamento de estudos de longo prazo. ?O certo é dividir essas disciplinas entre básicas e específicas e começando pelas básicas. Caso o edital saia logo, é bom fazer um cronograma de modo que essas disciplinas todas possam ser revisadas uma vez durante a semana com teoria e questões. Mas não existe o horário fixo, vai depender do tempo livre de cada candidato?, finaliza.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar