A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou, na tarde desta quinta-feira (17), que a antecipação da segunda dose da vacina AstraZeneca só poderá ser realizada, em Teresina, após o recebimento de doses específicas para esta finalidade.

A FMS informa ainda que enquanto isso, o município seguirá a determinação anterior, que orienta que a segunda dose será aplicada na data que está agendada na carteira de vacinação, que é de três meses após a primeira dose.

 A FMS informa ainda que enquanto isso, o município seguirá a determinação anterior - Foto: Reuters  A FMS informa ainda que enquanto isso, o município seguirá a determinação anterior - Foto: Reuters 

A Sesapi, juntamente com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Piauí, já havia decidido, em reunião na última quinta-feira (10), antecipar o prazo de aplicação da segunda dose da vacina AstraZeneca, de 90 dias para 30 dias, completando assim o ciclo de imunização. 

"A mudança foi pactuada na Comissão Intergestores Bipartite entre o COSEMS e a SESAPI, e ficou acertado que os municípios que tivessem a vacina AstraZeneca já armazenada para segunda dose, já pode utilizar a partir do 30º dia nos usuários. Então, qualquer município que tiver a segunda dose de vacina AstraZeneca, já pode estar vacinando as pessoas, porque a orientação do fabricante é que a vacina deve ser aplicada entre a quarta semana após a primeira dose até a décima segunda semana, então nós vamos antecipar a aplicação", disse Leopoldina , vice-presidente do COSEMS-PI.