Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

BA: Casamento em igreja é criticado após convidados não usarem máscara

Celebração ocorreu neste sábado (23), na Igreja Nossa Senhora da Vitória, bairro de luxo da capital baiana.

Compartilhe

Apesar das celebrações com até 50 pessoas serem permitidas em Salvador durante a pandemia da Covid-19, um casamento realizado em uma igreja da Vitória, bairro de luxo da capital baiana, neste sábado (23), chamou atenção após vários participantes não usarem máscara, a proteção é recomendada como prevenção ao novo coronavírus. Por causa disso, a paróquia será notificada. As informações são do G1.

Nas imagens, dá para ver que muitos participantes, incluindo os noivos, estavam sem o acessório por vários momentos. Apesar de a igreja não estar cheia, é possível perceber que as pessoas, que ficaram no altar, estavam próximas umas das outras, sem respeitar o distanciamento de, pelo menos, um metro entre eles.

Conforme explicou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), as celebrações não estão proibidas nas igrejas de Salvador, desde que respeitem a quantidade máxima de pessoas e as medidas de distanciamento.


Além disso, a secretaria explicou que os casamentos não são eventos que dependem de licença para ocorrer. Por isso, nesse aspecto, não há nenhum tipo de irregularidade. No entanto, ressaltou que a falta das máscaras vai contra as determinações municipais e também das organizações de saúde.

Por meio de nota, a Paróquia Nossa Senhora da Vitória, onde o casamento foi realizado, disse que os "noivos e a empresa responsável pelo cerimonial foram informados da obrigatoriedade do uso de máscaras, do limite de pessoas e do distanciamento exigido, em conformidade com as determinações das autoridades de saúde".

Apesar disso a paróquia relatou que "infelizmente o que foi acordado não foi cumprido pelos participantes da celebração". E que lamenta o ocorrido e que reforça o comprometimento com as atividades oracionais, celebrações de missa e ações sociais, respeitando as regras e orientações da Prefeitura Municipal de Salvador.

Ainda segundo a Sedur, a notificação enviada para a igreja será uma ação fiscal e funciona como alerta, para que a igreja fique ciente da necessidade de usar máscaras em possíveis novos eventos.

Vários moradores do entorno da igreja protestaram contra a cerimônia. Houve manifestações também nas redes sociais da paróquia: "Que vergonha!realizar uma cerimônia coma aglomeração de pessoas em plena pandemia mundial revela total falta de empatia à situação, às vítimas e suas famílias", disse.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar