mais

Brasil procura obter vacinas excedentes dos EUA e Reino Unido

Com a vacinação acelerada nestes países, há possibilidade que as doses excedentes sejam enviadas para o governo brasileiro

O governo brasileiro tenta buscar operações internacionais para adquirir as doses de vacinas excedentes dos EUA  e do Reino Unido, onde a vacinação está em ritmo acelerado.

Estes países foram selecionados pois ambos se encontram em estágios avançados de vacinação e contam com um imunizante já aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a vacina da Oxford/AstraZeneca.

Outro fator que ajuda na negociação é o avanço da diplomacia promovida pela China através da venda de vacinas. Washington e Londres buscam frear o avanço dos chineses e ampliar seu número de países parceiros. A vacina pode ser uma boa moeda de troca.

Profissional de saúde prepara a vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 - Foto: Kai Pfaffenbach / REUTERSProfissional de saúde prepara a vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 - Foto: Kai Pfaffenbach / REUTERS

Canadá e Austrália foram consultados pelo Itamaraty nas últimas semanas, mas ambos informaram que, no curto prazo, não há a possibilidade de importação dos imunizantes.

EUA garante envio

O presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, ressaltou que enviará "até 4 de julho, cerca de 10% do que temos [de excedente] para outras nações".

Somente os EUA possuem cerca de 60 milhões de doses da vacina da Oxford/AstraZeneca que não foram utilizadas pois ainda não houve a autorização por parte das autoridades sanitárias.

"À medida que essas doses estiverem disponíveis, os EUA decidirão os locais para onde elas serão enviadas", argumentou a embaixada americana em Brasília.

*Informações do Ig

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail