Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Com 217 mil infectados, Covid já atinge 25% da população de Teresina

Nova rodada da pesquisa sorológica feita pela Prefeitura de Teresina foi divulgada nesta quinta-feira, 16 de julho

Compartilhe

Em videoconferência na manhã desta quinta-feira, 16 de julho, o prefeito Firmino Filho (PSDB) apresentou os dados da 13ª rodada da pesquisa sorológica, feita entre os dias 11 e 13 de julho em Teresina. O levantamento mostra um crescimento de 39% no contágio na cidade, alcançando a marca de 217.673 contaminados, o que representa 25,11%. Ou seja, a cada 4 teresinenses,  1 já foi infectado pelo Sars-Cov-2.

“A quantidade de casos positivos, o percentual 25,11%, com 217.673 positivados; se olharmos para os casos oficiais confirmados nos dá uma taxa de subnotificação de 21 vezes; a cada caso confirmado temos outros 20 que não são testados/confirmados.   A subnotificação continua sendo relevante”, disse.

A taxa de transmissibilidade, denominada R0, também voltou a crescer, atingindo 1,14. Na rodada anterior o índice havia ficado pela primeira vez abaixo de 1. O indicativo acendeu  o sinal amarelo em relação ao processo de reabertura.  “Nessa segunda semana de julho voltou até um crescimento significativo, 39%, esse número causou uma preocupação de início.  Já fica essa dúvida e ela tem que ser observada na próxima semana, se esse aumento é em detrimento do que aconteceu semana passada, ou se foi uma correção de rota. Acende um sinal amarelo quanto a reabertura”, constatou.

Um indicador positivo, porém, é que a maioria dos positivados em Teresina já adquiriu anticorpos. “A quantidade de pessoas já imunes pode ser uma barreira para a progressão. A imensa maioria, a rigor, já está com o IGG desenvolvido plenamente ou sendo desenvolvido. Ao longo do tempo o IGM é constante e vem caindo, o que mostra  uma tendência oposta, cresceu a quantidade de positivos, mas dentro dos positivados cresceu substancialmente os que já estão imunes”, comentou.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar