mais

Comércio no RJ e Inglaterra funcionará 24h para evitar aglomeração

No Rio, medidas foram anunciadas pelo governador Cláudio Castro e o prefeito Marcelo Crivella.

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), e o prefeito da capital fluminense, Marcelo Crivella (Republicanos), anunciaram que o combate à pandemia se dará por meio do aumento do número de leitos em hospitais públicos e fiscalização dos protocolos sanitários. As informações são do Valor Econômico.

Apesar da alta nos números de casos e mortes de covid-19 nas últimas semanas, eles descartam, por ora, qualquer reversão na flexibilização do isolamento social ou fechamento de comércio e serviços.

Crivella e Castro anunciaram que os shopping centers do Rio de Janeiro terão autorização para funcionar 24 horas por dia daqui para frente, a fim de “evitar pressa” nas compras e aglomerações com o aumento do fluxo de consumidores perto do Natal e do Ano Novo.

Segundo Castro, esse regime de funcionamento pode perdurar depois das festas de fim de ano, até o fim da pandemia. Eles não informaram, no entanto, como ou se o fluxo de pessoas em centros comerciais será controlado – para evitar concentração de pessoas no mesmo horário.

Praia no Rio de Janeiro durante a pandemia - Foto: Tania Rêgo/Agência BrasilPraia no Rio de Janeiro durante a pandemia - Foto: Tania Rêgo/Agência Brasil

Crivella também afirmou que, por recomendação do Ministério Público Estadual (MP-RJ), suspenderá as aulas nas escolas públicas da capital. Também disse que, no dia 31, véspera do Ano Novo, o metrô da cidade funcionará apenas até as 20h.

“A pandemia não foi embora, vivemos um ano de prejuízos incalculáveis. Precisamos que a cadeia produtiva, os shoppings, mercados, restaurantes e transportes, para que não haja retrocesso, promovam o distanciamento, o uso da máscara, álcool gel e sanitização”, continuou.

Com relação à vacinação, Castro prometeu que o Estado não ficará para trás e que, em caso de atraso nas políticas do governo federal, comprará suas próprias vacinas.

MEDIDAS TAMBÉM NA INGLATERRA

O secretário de habitação do Reino Unido, Robert Jenrick, afirmou nesta 2ª feira (30.nov.2020) que os comércios ingleses poderão funcionar por 24h até o Natal e também em janeiro de 2021. A ideia é evitar aglomerações com a volta do funcionamento das lojas com o fim do lockdown inglês, marcado para esta 4ª feira (2.dez).

A permissão para o funcionamento maior das lojas depende das autoridades locais. Jenrick disse no Daily Telegraph que a medida permitirá que as compras de fim de ano sejam mais “prazerosas e seguras”. Com a liberação, as empresas têm a chance escolher se vão utilizar as horas a mais ou não.

Foto: Heidi Fin/UnsplashFoto: Heidi Fin/Unsplash

Os novos horários poderão ser aplicados de 2ª a sábado, segundo o secretário. O sistema de lockdown nacional será substituído por restrições regionais.

A partir de então, o comércio considerado não essencial poderá voltar a funcionar. Salões de beleza e academias também reabrem. As pessoas terão mais liberdade de circulação e alguns eventos, inclusive esportivos, poderão ser realizados com público (em jogos de futebol, com limite de até 4.000 torcedores).

O Reino Unido tem 1.629.657 casos de covid-19 e 58.448 de mortes até o momento, segundo o medidor Worldometer.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail