Representantes de entidades de classe dos profissionais da Contabilidade do Piauí reuniram-se, nesta quarta-feira (26), com o deputado estadual Franzé Silva (PT), e com o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, para pedir a inclusão da categoria na prioridade da vacinação contra a Covid-19.

As entidades argumentam que o Governo do Estado já declarou que a Contabilidade é essencial, permitindo, assim, o funcionamento regular da atividade no Piauí. Nesse sentido, requerem que os profissionais da área contábil também sejam incluídos entre os prioritários para recebimento da vacina contra a Covid-19.

O deputado Franzé Silva e o secretário Florentino Neto se comprometeram em atuar para incluir a categoria contábil entre os grupos prioritários para a vacinação contra o novo coronavírus, destacando a importância da atividade dos profissionais da Contabilidade para o desenvolvimento econômico do Estado.

As entidades argumentam que o Governo do Estado já declarou que a Contabilidade é essencial - Foto: DivulgaçãoAs entidades argumentam que o Governo do Estado já declarou que a Contabilidade é essencial - Foto: Divulgação

Estavam presentes o Conselho Regional de Contabilidade do Piauí (CRC-PI), a Associação dos Contadores Públicos do Piauí (ASCONPEPI), Sindicato das Empresas de Contabilidade, Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Piauí (SESCON-PI) e Associação dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Piauí (ASCONTEPI).

Prioridade no atendimento em estabelecimentos públicos

Outro ponto apresentado pelas entidades da classe contábil ao deputado Franzé Silva foi a reivindicação para que os profissionais da Contabilidade no Piauí tenham atendimento prioritário nos estabelecimentos públicos em todos os municípios.

O parlamentar destaca que apresentará Projeto de Lei nesse sentido, ressaltando que é necessário que esses profissionais, cujos serviços fisco-contábeis são indispensáveis para a sociedade e o Estado, possam ser atendidos em ordem de prioridade nos estabelecimentos.

Participaram da reunião a presidente do CRC-PI, Regina Pacheco; a vice-presidente de Controle Interno do CRC, Leydilene Veloso; presidente da ASCONPEPI, João Viana; presidente do SECON-PI, José Raulino Castelo Branco; e o presidente da ASCONTEPI, Marcelo Leal.