Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Doria diz que vacina contra a covid-19 estará no SUS em dezembro

O governo de São Paulo construirá uma fábrica com capacidade para produzir 120 milhões de doses da vacina.

Compartilhe

A vacina contra a covid-19, produzida pelo laboratório chinês Sinovac, pode estar disponível no Sistema Único de Saúde (SUS) em dezembro de 2020. A afirmação foi feita pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 26. A previsão inicial era de que a imunização estivesse disponível em janeiro de 2021.

O estado, por meio do Instituto Butantan, desenvolve a vacina chinesa que está na fase três de testes para comprovar a eficácia. Ao lado da vacina desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca, é uma das mais promissoras e avançadas do mundo.

“Se tivermos esta fase de testagem bem concluída em outubro, ou até a primeira quinzena de novembro, em dezembro já teremos disponível para a imunização da população através do SUS. Nesta primeira etapa teremos acesso a 45 milhões de doses. Esta aplicação depende da autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária”, disse Doria em entrevista no Palácio dos Bandeirantes.

vacina contra a covid-19

A fase de testes da vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan começou no fim de julho. Ao todo, 9.000 profissionais de saúde voluntários participam do estudo em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal. 

O governo de São Paulo construirá uma fábrica com capacidade para produzir 120 milhões de doses da vacina. O investimento será de 160 milhões de reais vindos da inciativa privada.

João Doria com a vacina contra Covid-19

Para também captar recursos para o projeto, o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, se reuniu na manhã desta quarta-feira com Eduardo Pazuello, ministro interino da Saúde. A expectativa do estado é conseguir um valor superior a 1 bilhão de reais, dinheiro similar ao destinado à Fiocruz para a fabricar a vacina do laboratório AstraZeneca.

Segundo Doria, a reunião foi muito positiva e agora aguarda uma reposta do Ministério da Saúde para saber se vai contar com este investimento do governo federal.

6 meses do primeiro caso no Brasil

No dia 26 de fevereiro foi confirmado o primeiro caso de infecção pelo coronavírus no Brasil, na cidade de São Paulo. Nestes seis meses a pandemia se espalhou pelo país. Somente no estado de São Paulo, o mais atingido em números absolutos, já são 776.135 casos confirmados da doença e 29.194 mortes.

O Brasil tem 116.666 óbitos e 3.674.176 casos confirmados de covid-19, segundo levantamento dos veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde e divulgado nesta terça-feira, 25.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar