Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Firmino Filho admite divergência ao cronograma do Governo do Piauí

O prefeito de Teresina destacou que é possível que o decreto municipal não acompanhe o planejamento divulgado pelo governador Wellington Dias para a retomada no Piauí

Compartilhe

Ao anunciar o congelamento da retomada econômica em Teresina nesta quarta-feira, 08 de julho, o prefeito Firmino Filho (PSDB) sintetizou que o Executivo Municipal pode divergir do Governo do Estado no que tange ao decreto que programa a reabertura de atividades não essenciais. Enquanto o Governo do Piauí prevê a retomada do comércio varejista ainda neste mês, o líder piauiense postergou o cronograma na capital piauiense.

Firmino Filho afirmou que a realidade do Estado é divergente da realidade em Teresina. “Os decretos podem divergir e devem divergir, uma coisa é a realidade do Estado e outra de Teresina. O município de Teresina está passando pelo pior momento, esperamos cumprir essa missão, o que foi pactuado, não estamos numa situação tranquila, avançamos bem, mas há muita batalha  pela frente, basta dizer que na semana passada faleceram mais de 80 irmãos teresinenses; o processo já se atrasou, aquelas que abririam dia 13, já não abrirão dia 13, é necessário que tenhamos responsabilidade”, afirmou.

Firmino Filho admite divergência ao cronograma do Governo do Piauí

Veja as atividades que seriam liberadas dia 13, e serão autorizadas apenas no dia 20:

- Comércio de veículos e motocicletas
- Comércio de peças e acessórios novos para veículos e motocicletas
-Manutenção e reparação de veículos automotores
- Comércio por atacado e a varejo de motocicletas e motonetas novas e usadas
- Comércio por atacado e a varejo de peças e acessórios novos e usados para motocicletas e motonetas
- Representantes comerciais e agentes do comércio de motocicletas, peças e acessórios
- Atividades de teleatendimento

O prefeito voltou a frisar que era favorável a um lockdown por 14 dias no mês passado, mas, no entanto, não conseguiu convencer os Poderes a adotar o isolamento mais rígido durante o período descrito.

“Já temos a doença que está no platô mais alto, e dá início que está caindo, e para sairmos mais rápido deste platô precisamos reforçar o isolamento. Eu era a favor de um lockdown de 14 dias em junho, infelizmente não conseguimos convencer as instituições; o que conseguimos foi reforçar o isolamento nos finais de semana”, sinalizou.




Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar