Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Firmino Filho confirma retomada em Teresina e mostra o que vai reabrir

Em transmissão ao vivo nesta segunda-feira, prefeito confirmou retomada da construção civil, comércio varejista de material de construção, indústrias, serviços automotores, dentre outras

Compartilhe

Com a iminente retomada econômica, o prefeito Firmino Filho (PSDB) fez uma coletiva de imprensa virtual nesta segunda-feira, 29 de junho, para elencar as próximas etapas do processo de reabertura dos serviços não essenciais em Teresina, que terá início no dia 06 de julho. Ao todo, já são 100 dias de medidas restritivas.

“As pesquisas que temos mostram que essa doença está chegando ao seu pico, vários outros dados mostram que estamos numa situação triste; a alternativa foi endurecer esse enfrentamento e de forma gradual e segura retomar, com base nisso tivemos semana passada três dias e deu uma alavancada, a ideia é nessa semana ser igual, queríamos fazer essa apresentação para o debate público”, disse.

Prefeito Firmino Filho em live - Foto: Reprodução

Membro do Comitê Gestor de Enfrentamento à Covid-19, o ex-secretário Washigton Bonfim ficou com a incumbência de explicar como se dará a retomada gradual da economia na capital piauiense. Nisto, foram estabelecidos graus de restrição no funcionamento.

O nível D possibilita apenas drive trhu e delivery, com teto operacional de 50% e funcionamento apenas com entregas a domicílio ou busca na porta/calçada/estacionamento do estabelecimento. Já o nível C as restrições são rigorosas, mas já permitem acesso do público; com teto operacional de 50%, funcionando 4 dias por semana, sendo 6 horas por dia; e ocupação máxima de uma pessoa para cada 4 metros quadrados.

No nível B as restrições são médias, com teto operacional de 75%; sendo 5 dias por semana, 6 horas por dia e ocupação máxima de uma pessoa em cada 4 metros quadrados. Por fim, o nível A é a restrição branda, permitindo 100% do teto operacional, 5 dias por semana e 6 horas por dia, mantendo a mesma ocupação máxima dos itens anteriores. Inicialmente, a reabertura se dará apenas nos dois níveis iniciais, ou seja, os mais rigorosos.

Dentre os setores que abrem primeiro estão as indústrias, construção civil, comércio de material de construção e serviços automotores.

“Primeira fase contempla o setor industrial, construção civil e o comércio ligado a construção civil e serviços automotores; em duas etapas, dia 06 e dia 13. Essas atividades devem começar com 50% do seu pessoal, em quatro dias da semana e em turno único. Na questão agrícola produção florestal. Além destas atividades, as atividades extrativas, da indústria de transformação, material elétrico; serviços de arquitetura, engenharia, laboratórios de testes e análise técnicas. Comércio varejista de material de construção inicia com restrição D no dia 06, e no dia 13 passa para a restrição C”, explicou Bonfim.

Controle de horário e dias de funcionamento. 

A retomada gradual e segura dos serviços não essenciais em Teresina se dará com controle operacional (empresas poderão funcionar com apenas 50% do pessoal), restrição de horário e dias de funcionamento. Os setores poderão reabrir em turno único, e em quatro dias da semana.

“Essas são as regras básicas e além das regras básicas, é importante disciplinar que vamos colocar horário de abertura e fechamento destes negócios, para disciplinar melhor a distribuição de circulação na cidade; queremos evitar exemplos já verificados noutras cidades, reaberturas que levam a uma aglomeração muito grande do transporte público. Isso não é recomendável e queremos evitar”, disse.

Saiba como funcionará a reabertura gradual das atividades economicas em Teresina

A proposta apresentada pela Prefeitura será submetida ao Comitê Emergencial, dando prioridade à questão epidemiológica. Com o isolamento mais eficaz no último final de semana, e com a abertura de novos leitos, a gestão municipal vê condições de dar início ao processo.

“Essa proposta vai ser submetida ao Comitê Emergencial. A ideia é que foi pesado a segurança do trabalhador, do cliente, e foi utilizada uma média ponderada, sendo que esta forma contempla a retomada com segurança, tomando com base as métricas, com a possibilidade  de ter uma sequência interrompida destas fases, este é o quadro que está colocado para as fases de acordo com o índice setorial de distanciamento controlado, que diz que observado os setores da economia de Teresina, quais seriam as fases para reabrir do ponto de vista epidemiológico, estas fases correspondem não só a questão de setores propriamente dita, mas de uma evolução gradativa, são 4 níveis de restrição”, afirmou Bonfim.

Reabertura das atividades em teresina



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar